Publicidade

Correio Braziliense

Sessão da Tarde: 'Somos todos iguais' é exibido nesta quinta (13/2)

A história de 'Somos todos iguais' apresenta mulher com um grave câncer que cria um laço afetivo com um morador de rua


postado em 13/02/2020 08:16 / atualizado em 13/02/2020 08:17

O filme é protagonizado por Renèe Zellweger, última vencedora do Oscar de Melhor Atriz(foto: Paramount Pictures/Divulgação)
O filme é protagonizado por Renèe Zellweger, última vencedora do Oscar de Melhor Atriz (foto: Paramount Pictures/Divulgação)
Uma mensagem inspiradora sobre dignidade e confiança é o principal legado do filme Somos todos iguais, escolhido como atração da Sessão da tarde desta quinta- feira (13/2), na Rede Globo.

Com direção de Michael Carney, o longa apresenta a história de Debbie  Hall (Renée Zellweger) mulher que luta contra um forte câncer e se aproxima de Denver Moore (Djimon Hounsou), morador de rua com passado triste e de exploração. A intriga se instala no fato de o marido da protagonista não aceitar essa aproximação.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade