Diversão e Arte

Charlie Sheen é acusado por ator de estuprar menino de 13 anos

A estrela da série Two and a Half Men tinha 19 anos na época; revelação foi feita em documentário

Agência Estado
postado em 10/03/2020 21:07

A estrela da série Two and a Half Men tinha 19 anos na época; revelação foi feita em documentárioO ator Corey Feldman, de Os Goonies, reafirmou sua alegação de que seu colega Corey Haim foi estuprado por Charlie Sheen. A acusação foi feita no documentário (My) Truth: The Rape of Two Coreys, que estreou em um evento em Los Angeles nesta segunda-feira, 9. O crime teria ocorrido durante as gravações do filme ;A Inocência do Primeiro Amor;, de 1986. Na época, Sheen tinha 19 anos e Haim apenas 13.

Segundo a Entertainment Weekly, no documentário Feldman conta chorando que Haim descreveu com detalhes o acontecimento. "Ele me contou, ;Charlie me curvou entre dois trailers, passou óleo de cozinha em minhas nádegas e me estuprou em plena luz do dia. Qualquer um podia ter passado, qualquer um podia ter visto;".

"Ele compartilhou comigo que foi estuprado no set de A Inocência do Primeiro Amor. Ele me contou que foi Charlie Sheen que fez isso", reforça Susannah Sprague, ex-esposa de Feldman, sobre a denúncia de Haim.

No documentário, Feldman faz outras denúncias sobre pessoas que ele mesmo acusou previamente de abuso sexual. O ator Jon Grisson, o proprietário de casa noturna Alphy Hoffman e o ex-agente Marty Weiss. Ele também disse que o ator Dominick Brascia, morto em 2018, abusou de Haim. Grisson e Weiss negaram anteriormente as acusações.

Em 2017, Brascia disse ao tabloide National Enquirer que Haim o contou que ele e Sheen "fumaram maconha e fizeram sexo". Na época, Sheen negou as acusações e processou o jornal por difamação.

A primeira menção de Feldman aos abusos que sofreu em sua carreira de ator infantil foi em uma entrevista de 2011. Em sua biografia Coreyography, de 2013, ele menciona o suposto abusador de Haim, sem citar seu nome real.

Corey Haim ficou famoso por Bala de Prata, Sem Licença Para Dirigir e Garotos Perdidos, no qual contracenou com Feldman. Os dois tiveram um reality show juntos, entitulado Os Dois Coreys. Haim morreu em 2010, vítima de uma pneumonia.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação