Diversão e Arte

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta terça (31/3)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta terça-feira, 31 de março, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 31/03/2020 01:00

Horóscopo desta terça-feira, 31 de março

Liberdades e necessidades

Data estelar: Marte e Saturno em conjunção; Lua cresce em Câncer

Cresceste dentro do consenso silencioso de que as liberdades individuais deveriam ser respeitadas acima de tudo, nunca questionadas. Em torno desse convencimento buscaste progresso material, porque viste que seria impossível desenvolver tuas liberdades individuais sem mínimo poder material. Contudo, um organismo microscópico veio a te mostrar a verdade, não há como existirem as liberdades individuais em detrimento das necessidades do grupo humano ao qual tua presença está integrada. Protege teu grupo familiar, de amigos, de vizinhos e, aí sim, tuas liberdades individuais estarão protegidas também. Um dia ampliarás essa verdade ao todo da espécie humana, porque não há como existir saúde individual enquanto em qualquer lugar do mundo os seres humanos sejam degradados e desgraçados. Isso afeta a humanidade inteira.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

O pensamento grupal é necessário, mas não acontece naturalmente no ser humano. O pensamento grupal há de ser desenvolvido por meio do aproveitamento das circunstâncias que obriguem todo mundo a atuar em conjunto.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Tome todas as medidas que sejam pertinentes à sua vontade de progredir. Não importam as circunstâncias, elas que se adaptem aos seus anseios, porque neste momento o que interessa é que você faça seus planos avançarem.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Mudanças de perspectiva são bem-vindas, porque ajudam você a ampliar seu ponto de vista sobre o mundo e a vida em geral. Pode, eventualmente, acontecer o contrário, mas isso é algo que você precisa combater.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Nada do que anda acontecendo é de fácil administração para sua alma, e isso já vinha se desenvolvendo antes mesmo das circunstâncias excepcionais em que o mundo mergulhou. Procure reservar tempo para seu bem-estar.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Meça o impacto de sua presença através de o quanto as pessoas seguem seu exemplo. Sobre essa percepção, faça os ajustes necessários para que os aspectos impertinentes de seu caráter não se reproduzam por aí.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Um pouco de culpa você pode colocar nas costas das circunstâncias que o mundo anda impondo a todos. Porém, o destino humano não é talhado pelas circunstâncias, mas pela maneira com que nos relacionamos com essas.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Tome as iniciativas que achar essenciais e importantes, sem se importar que essas sejam aceitas ou criticadas. O que mais interessa agora é que você se sinta à vontade para agir de acordo com seus anseios. Só isso.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Os assuntos familiares e domésticos precisam ser tratados com o respeito que merecem, porque mesmo que tenham se transformado num problema para você, não há margem para tomar distância nem se livrar deles.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Meça suas palavras e avalie o impacto de suas falas nas pessoas com quem você conversar. Este é um momento em que sua alma precisa ser o mais consciente possível com o que é dito, porque se torna ação também.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

É inútil e contraproducente criticar o egoísmo, porque esse continuará existindo, é parte integrante do que significa ser humano. Porém, há limites que precisam ser respeitados, para que tudo o mais não degringole.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Os desejos acenam com satisfação, as necessidades acenam com obrigações e tarefas. Por que será que os desejos sempre parecem melhores? No entanto, este é um momento de sua vida em que as necessidades prevalecem.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Aceite a necessidade de tomar medidas firmes a respeito de alguns de seus hábitos, que não produzem bem-estar e que, pelo contrário, obrigam você a fazer malabarismos para serem satisfeitos, a despeito de tudo o mais.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação