Publicidade

Correio Braziliense

Broadway prorroga fechamento e cancela programação até junho

Com o avanço do coronavírus no estado de Nova York, os teatros decidiram fechar até o dia 7 do mês


postado em 09/04/2020 13:30

(foto: Jamie McCarthy/Getty Images/AFP)
(foto: Jamie McCarthy/Getty Images/AFP)

A pandemia vai gerando mais cancelamentos pelos Estados Unidos. Após um crescimento descontrolado no número de casos do coronavírus em Nova York, a Liga da Broadway decidiu prorrogar o cancelamento de toda programação dos teatros até 7 de junho de 2020. 

A paralisação das peças e musicais havia sido anunciada a partir de 12 de março, com a promessa de que duraria um mês. No entanto, o estado de Nova York passou a Itália em número de casos da Covid-19 e a situação preocupante teve como consequência a prorrogação do fechamento das portas de icônicos teatros da metrópole. Entre os espetáculos que tiveram sessões canceladas estão Hamilton, Harry Potter e a criança amaldiçoada e O rei leão.

A Broadway é um dos principais pontos turísticos da cidade e o motor da economia criativa de Nova York. Portanto, há uma imensa perda financeira com o cancelamento dos espetáculos. Estima-se que apenas o primeiro mês sem apresentações tenha deixado um rombo de aproximadamente US$ 100 milhões à Broadway.

No anúncio da prorrogação, a Liga da Broadway lamentou os efeitos da pandemia, mas passou uma mensagem de esperança. “Quando este intervalo inesperado chegar ao fim – e não se enganem, ele terá fim – vamos voltar a nos reunir nos saguões dos bares, sentar uns ao lado dos outros em bancos de veludo e rir, chorar e comemorar em uníssono”, comunicou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade