Diversão e Arte

Casa Thomas Jefferson adapta projeto 'Sextas musicais' em formato de live

Estreia será regida pelo músico Tico de Moraes e celebra os 60 anos de Brasília

Pedro Ibarra*
Pedro Ibarra*
postado em 23/04/2020 12:02
Tico de Moraes
As instituições estão dando um jeito de homenagear os 60 anos de Brasília, mesmo em meio à pandemia de Covid-19. A Casa Thomas Jefferson, que já faz parte da história da cidade há mais de 50 anos, encontrou em uma live a forma de comemorar o aniversário da capital. O músico Tico de Moraes comanda o show que começas 20h na próxima sexta-feira (24/4). A apresentação será transmitida ao vivo pelo canal do YouTube do centro conhecido pelos cursos de inglês.

Tico é cantor e guitarrista e prepara o show One night of bossa, em que mistura a bossa nova e o jazz. ;Escolhemos o Tico de Moraes pois a mistura de gêneros que ele faz no repertório cria diálogos entre o Brasil e os Estados Unidos. Ele canta em inglês e em português e faz arranjos de bossa para o jazz, e de jazz para a bossa;, afirma Luiz Carlos Costa, produtor e curador da agenda cultural da Casa Thomas Jefferson. ;Somou-se ao repertório o fato de Tico ser prata da casa, criado em Brasília para escolha dele para o evento;, completa.

[SAIBAMAIS]O músico estará acompanhado de Misael Barros, na bateria, e Alexander Raichenok, que comanda saxofone e piano. O show marca a reestreia das sextas musicais. O evento, que ocorre semanalmente sem interrupções bruscas desde 1987, traz concertos para o auditório da escola de inglês abertos ao público, gratuitos e com classificação indicativa livre. ;Tivemos que tirar um tempo para nos readaptarmos, mas agora estamos prontos para fazer as Sextas Musicais em formato de live, e faremos enquanto houver regras de distanciamento social;, avisa o curador.

;Somos o único local da cidade que disponibiliza concertos sempre, sem depender de temporadas;, pontua Luiz Carlos. A Casa Thomas Jefferson também tem exposições, lançamentos de livros e exibição de filmes normalmente. ;Nosso maior desafio era conseguir entregar uma apresentação com a melhor qualidade possível para o nosso público;, diz o produtor. ;O projeto Sextas Culturais tem a intenção de divertir o público com conteúdo de qualidade;, adiciona.

Com programação para as próximas quatro semanas, Luiz Carlos garantiu que todas as recomendações da OMS estão sendo observadas e respeitadas para que seja possível entregar o espetáculo de forma segura para os músicos. ;A OMS recomenda principalmente para ficarmos em casa, então porque não ficar conosco da Casa Thomas Jefferson;, brinca o curador.

*Estagiário sob supervisão de Adriana Izel

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação