Diversão e Arte

Renata Jambeiro anuncia lançamento de trabalho para público infanto-juvenil

No primeiro Dia das Mães, a cantora fala ao Correio sobre maternidade e carreira

Lisa Veit*
postado em 10/05/2020 08:00
A cantora e compositora Renata Jambeiro.
Iris Moraes é mãe orgulhosa de três filhos e, entre eles, está a cantora brasiliense Renata Jambeiro, a quem acompanhou nascer, crescer e florescer artisticamente, e agora se tornar mãe. ;Minha menina é uma das melhores pessoas que tive o privilégio de conhecer nesta vida, e hoje ela realiza o grande sonho de ser mãe;, declara Iris.

Renata Jambeiro enxerga as novas experiências trazidas pela maternidade de forma intensamente feliz. ;Eu me divirto. É olhar pra carinha dele e ele sorrir pra mim, que não tem sono, não tem chateação, que me tire essa felicidade;. Ela conta que muitas coisas mudaram, mas que já vinha se preparando. Se viu mãe em um momento que se sentia pronta, aos 37 anos.

Para ter protagonismo e ter a experiência completa, decidiu pelo parto humanizado. ;Me tornei mãe depois de fazer muita coisa que gostaria de fazer. E decidi ser protagonista nesse momento, e ter a experiência do parto que muitas mulheres não podem ter;. Em uma postagem do Instagram, Renata contou toda a experiência de como se preparou até o momento do parto.
[VIDEO1]

[SAIBAMAIS]A maternidade trouxe inspiração para a vida artística da sambista, e impulsionou novos projetos. Ela trabalha atualmente em um projeto infanto-juvenil: a trilogia em livro, disco e espetáculo teatral, chamada A viagem de Tula, em parceria com as escritoras Alexandra Pericão e Penélope Martins. ;Eu achei que como mãe eu teria que abrir mão dos meus planos e, na verdade, a experiência me deu mais energia para produzir, pra que ele veja e esteja lá. Ser mãe realmente é a realização de um sonho;, declara a Renata.
Mãe de artista
No primeiro Dia das Mães, a cantora fala ao Correio sobre maternidade e carreira
Ao ver as tendências artísticas da filha, Iris conta que ela e o marido nunca tiveram grandes preocupações: ;Além das crises de ansiedade que antecedem cada show e cada viagem (risos), não tenho dificuldade em ser a mãe do ser humano que Renata é. A parte boa é ser mãe de uma pessoa que te representa nas atitudes e na força da dignidade. Além disso, ela sempre demonstrou que a arte estava nela. Dá um orgulho;, conta Iris.

Com a tensão gerada pela pandemia e as limitações do isolamento social, a dualidade de sentimentos, nessa estreia tão importante na vida da cantora, é inevitável. ;É a primeira vez que comemoro o Dia das Mães e estou em São Paulo. Infelizmente não vou poder estar com a mãe, minha Mamma Jamma. Ao mesmo tempo, isso vai ser especial para mim porque estarei com o núcleo familiar que eu criei, isso traz uma explosão de sentimentos;, conta Renata.

*Estagiária sob supervisão de Adriana Izel

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação