Diversão e Arte

Revista divulga primeiras fotos do filme 'Da 5 bloods' de Spike Lee

Longa entrará para o catálogo da Netflix em 12 de junho

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 15/05/2020 16:23
Além de dirigir, Spike Lee foi o roteirista do filme ao lado de Kevin Willmott
Com estreia prevista para 12 de junho, na Netflix, o filme Da 5 bloods teve as primeiras imagens divulgadas nesta quinta-feira (14/5), pela revista Vanity Fair. Nova produção do premiado diretor Spike Lee, o filme se passa no Vietnã pós-guerra.

"EXCLUSIVO: Sua primeira espiada em #Da5Bloods, de Spike Lee - um drama de guerra, uma caça ao tesouro e uma comédia de velhos rabugentos - está aqui. ;Não estou sendo desrespeitoso com nenhum filme do Vietnã;, diz o diretor vencedor do Oscar. ;Exceto talvez com "Os Boinas-Verdes" (1968) com John Wayne;", diz a postagem da revista.

[VIDEO1]

[SAIBAMAIS]No filme, quatro veteranos de guerra retornam ao Vietnã para encontrar o corpo do comandante de sua unidade, que morreu em batalha, mas confidenciou aos soldados que havia enterrado um tesouro no país. O elenco conta com nomes como Chadwick Boseman, de Pantera Negra; Jean Reno, do filme O profissional; Delroy Lindo, do longa The Good Figh;, e Paul Walter Hauser, de Eu, Tonya.

Além de dirigir, Spike Lee também foi roteirista de Da 5 bloods, juntamente com Kevin Willmott, com quem já havia trabalhado em Infiltrado na Klan, filme que venceu o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em 2019.

Em entrevista à Vanity Fair, Spike contou alguns aspectos do filme, ao falar do papel dos negros da Guerra do Vietnã (1955 - 1975) e as consequências da morte de Martin Luther King. "As Forças Armadas dos Estados Unidos quase se separaram quando soldados negros souberam que o Dr. King foi assassinado. Eles também ouviram dizer que seus irmãos e irmãs estavam se revoltando em mais de 100 cidades em toda a América. O ponto da ruptura chegou muito perto; os soldados negros estavam se preparando para se revoltar no Vietnã - e não contra os vietcongues ", disse.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação