Publicidade

Correio Braziliense

Família de Remy Loeffler promove campanha para bancar tratamento do músico

Com dois tumores, o músico brasiliense precisa de ajuda para custear sessões de radioterapia


postado em 22/05/2020 11:12 / atualizado em 22/05/2020 11:23

(foto: Facebook/Reprodução)
(foto: Facebook/Reprodução)
O músico brasiliense Remy Loeffler está internado no hospital Sarah, uma das referências em neurologia no país, por conta de dois tumores na cabeça. Sem chance de cirurgia, os médicos do hospital indicaram que o ideal é que o artista inicie, urgentemente, as sessões de radioterapia. 

Entretanto, o SUS não tem previsão de liberação de agenda e Remy não conta com plano de saúde, bem como não tem condições financeiras de arcar com o tratamento. Por isso, os amigos e os parentes pedem por doações para que o tratamento continue e as chances de recuperação aumentem. 

Nas redes sociais, o filho Felipe Portilho postou a campanha. "Estou muito feliz com o lindo movimento nas redes sociais para ajudar o meu pai Remy Loeffler Ramos Portilho. Infelizmente, há pouco tempo ele foi diagnosticado com um câncer no cérebro agressivo. Ele tem se debilitado rapidamente, mas por sempre teve uma saúde de ferro nunca quis ter plano de saúde (teimoso). Com isso nos deparamos com um tratamento extremamente caro pela frente e de urgência. O figura do meu pai se confunde com a história da música de Brasília, e graças a Deus muitas pessoas têm ajudado e compartilhado para que ele passe por este momento complicado da melhor maneira possível, se Deus quiser em breve ele estará se recuperando e nos alegrando com sua música novamente! Qualquer ajuda é bem-vinda, e desde já agradeço!", diz publicação no Facebook.

Remy integrou a icônica banda Mel da Terra, um dos tradicionais grupos de Brasília nos anos 1980, que comemorou 40 anos de criação em 2019. Atualmente, o tecladista é produtor artístico e faz parte da banda Oficina Blues.

Para contribuir, depósitos podem ser realizados na conta abaixo:

Banco do Brasil 
Conta corrente: 547 189-3
Ag.: 3602-1
CPF: 324 592 621-91
Romy Loeffler Ramos Portilho

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade