Publicidade

Correio Braziliense

Diretor de fotografia cria ONG para ajudar profissionais de audiovisual

Azul Serra e outros diretores farão a venda das fotografias no valor de R$ 250 pelo site da Plano Sequência


postado em 22/05/2020 19:00

(foto: Azul Serra/Divulgação)
(foto: Azul Serra/Divulgação)

A crise na cultura motivou o diretor de fotografia Azul Serra (Turma da Mônica – Laços, Aos teus olhos) a criar a ONG Plano Sequência, com venda de fotos para ajudar profissionais do audiovisual. Azul pensou no projeto ao perceber que inúmeros amigos e colegas de profissão passavam por dificuldade devido à crise. Inicialmente, ele pensou em colocar fotos para venda em redes sociais e doar os valores arrecadados mas, ao saber que a ação renderia pouco, dividiu a ideia com amigos.

Azul chamou vários diretores para criar uma equipe para montar uma galeria virtual. Ele contou com a parceria de Raphael Varandas e Rafael Martinelli, também diretores de fotografia, com quem abriu a ONG Plano Seqüência, para ter controle e transparência jurídica sobre o fundo, que oferece três imagens do acervo pessoal de cada artista, para venda de impressões de alta qualidade.

A Plano Sequência oferece um cadastro para quem precisar de ajuda. O  pagamento das fotos é realizado no próprio site e todas as fotografias serão vendidas pelo mesmo valor, tamanho e papel. As fotos serão vendidas pelo valor de R$ 250 e serão publicadas no site e na págino do Instagram @planosequenciaong. A campanha ficará no ar por tempo indeterminado, no período de duração da pandemia, com novas fotos de artistas sendo incluídas quando necessário.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade