Publicidade

Correio Braziliense

Em meio a pandemia, Vicentini Gomez produz novo longa-metragem

'Doutor Hipóteses, uma alma perdida na pandemia' está previsto para ser lançado no final de junho. O público pode fazer doações pelo Catarse


postado em 25/05/2020 18:00

(foto: Doutor Hipóteses - Uma alma perdida na pandemia/Divulgação)
(foto: Doutor Hipóteses - Uma alma perdida na pandemia/Divulgação)

Com todos os projetos suspensos por conta da pandemia, Vicentini Gomez decidiu filmar um longa-metragem chamado Doutor Hipóteses, uma alma perdida na pandemia, com produção por financiamento coletivo no site Catarse e com lançamento previsto para o fim de junho. 

“Busquei um texto que uso de instrumento em minhas oficinas de interpretação: Os malefícios do tabaco de Anton Chekhov, e o transformei em fio inspirador do roteiro. Busquei referências de outras pandemias, em especial a Gripe Espanhola, na Primeira Guerra Mundial, e comecei a escrever”, conta o diretor por meio de nota. 

O ator e diretor Vicentini Gomez será o único intérprete humano que entrará nas divagações do Doutor Hipóteses, que sufocado pelo enclausuramento inventa uma clínica com bonecos, onde começa a relacionar-se com eles.  

Além de Vicentini, o elenco conta com os atores de voz para os bonecos, Gésio Amadeu, Vanessa Goulart, Kiko Pissolato, Miriam Palma, Rodrigo Dorado, Calixto de Inhamuns, Ednaldo Freire, Maximiliana Reis, Marcelo Galdino, Carla Masumoto, João D´Olyveira, Claudemir Santana, Cid Pimentel , Veridiana Carvalho, Dan Rosseto, Pedro Paulo Vicentini, Matheus Cirilo e Giulia Maia.

Com equipe técnica formada por Vicentini Gomez, Diaulas Ullysses, Claudemir Santana, Pedro Paulo Vicentini, Hugo Caserta, Michel Vicentine Martins e Newton Ribas, o filme está previsto para ser lançado até o fim de junho.  

O público pode ajudar o projeto com doações para financiar a produção e inscrições em festivais. Para cada cota, haverá contrapartida e benefícios. As doações podem ser feitas em www.catarse.me/pt/doutorhipoteses.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade