Publicidade

Correio Braziliense

Harry Styles e Katy Perry pagam por fiança de manifestantes presos nos EUA

Os dois artistas doaram para um fundo que paga a fiança para pessoas detidas nos atos no país


postado em 01/06/2020 10:59 / atualizado em 01/06/2020 11:08

(foto: AFP / Jean-Baptiste LACROIX e AFP / Angela Weiss)
(foto: AFP / Jean-Baptiste LACROIX e AFP / Angela Weiss)

As manifestações não param nos Estados Unidos, pessoas gritam por direitos nas ruas todos os dias e a situação tem se espalhado por todo o país. Neste movimento, celebridades estão se posicionando e participando como podem. Impossibilitados de participarem pessoalmente dos atos por motivos diferentes, Katy Perry e Harry Styles optaram por doar para um fundo que paga a fiança de manifestantes presos durante os protestos.

Enquanto a cantora pop está grávida, o ex-One Direction não mora nos Estados Unidos. Os dois encontraram nas doações a forma de se manifestar contra a injustiça e a truculência policial. Harry Styles também fez um post nas redes sociais afirmando que no momento atual não basta mais não ser racista, o povo tem que ser antirracista.


Os Estados Unidos estouraram em manifestações nos últimos dias. Milhares de pessoas foram às ruas em aproximadamente 75 cidades no território norte-americano para reivindicar direitos, principalmente raciais, e justiça por George Floyd, homem americano negro brutalmente assassinado pela polícia mesmo sem esboçar qualquer tipo de reação ao ser detido.  

Outros famosos também se juntaram aos protestos neste fim de semana. Foi o caso de Ariana Grande, Halsey, Timothée Chalamet, J.Cole, entre outros, que se uniram ao povo nas ruas em nome da causa. Além disso, nas redes sociais, diversas outras celebridades se pronunciam como Octavia Spencer e a cantora Beyoncé.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade