Diversão e Arte

Dia Internacional do Reggae: artistas do gênero lançam novidades

Entre as homenagens para a data estão uma nova versão de 'No woman no cry' de Bob Marley, e o lançamento do disco da banda Maneva

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 01/07/2020 16:00
Bob Marley
Nesta quarta-feira (1;/7) é comemorado o Dia Mundial do Reggae. O gênero musical vai além da música, sendo um movimento que passa pelos dos direitos dos negros, pela libertação da Jamaica e chega a discussão da importância da religião Rastafári. O dia é comemorado desde 1994. A data foi escolhida em homenagem a Bob Marley principal difusor do gênero e nome mais famoso da história do reggae.

Com temas que vão de religião a amor, de sexo a críticas sociais, o reggae se iniciou mundialmente na década de 1960 iniciado por negros na Jamaica. O movimento que, na época era nomeado de rock steady (rock constante em português), recebeu visibilidade com a banda The Wailers, formada por Bob Marley, Peter Tosh e Bunny Wailer.

Com influências do ska, o gênero se desenvolveu para uma variável mais lenta que recebeu o nome que é chamado até hoje. A primeira música considerada como reggae é Long shot bus;me bet, dos Pioneers. Prince Buster, Desmond Dekker, Jackie Mittoo e Jimmy Cliff foram alguns dos outros nomes responsáveis pela popularização do estilo.

[SAIBAMAIS]Em homenagem ao dia, foi liberado um video inédito de No woman no cry, de Bob Marley, gravado em cidades da Jamaica e em Nova York. Estão programados vários lançamentos da lenda do reggae para mês de julho de 2020, que marcaria o aniversário de 75 anos do cantor. Entre os lançamentos estão quatro episódios de Bob Marley: Legacy, também nesta quarta; um vídeo em HD de uma apresentação da Lively up yourself no ápice da carreira de Marley na próxima sexta-feira (3/7); além de um relançamento do álbum LEGEND no dia 24.

[VIDEO1]

Outra comemoração da data está no site oficial do International Reggae Day, ou IRD, onde durante toda a quarta terão transmissões ao vivo de Djs tocando músicas do ritmo e painéis sobre a importância da gênero e do dia para diversas lutas e mais difusão da cultura jamaicana e Rastafári.

No Brasil


O gênero se popularizou muito e ganhou uma legião de fãs brasileiros. Bandas como Natiruts e Chimarruts fizeram a carreira cantando este gênero em português. Formada em Brasília, a primeira, inclusive, já está há 25 anos na estrada e conta com hits importantes como Andei só, Quero ser feliz também e Natiruts reggae power.

Capa do disco da banda Maneva

Esta quarta-feira não passou em branco no Brasil. A banda Maneva, mais recente na história do reggae do país, lançou o álbum Tudo vira reggae, uma série de regravações de músicas famosas da história do país em uma releitura para o gênero. Canções dos Titãs, Chitãozinho & Xororó, Raul Seixas e Los Hermanos ganharam versões de reggae e serão apresentadas no primeiro show drive-in da banda no próximo sábado (4/7).

[VIDEO2]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação