Diversão e Arte

Academia anuncia 819 novos membros votantes para o Oscar

Desse número, 45% são mulheres 36% são de minorias étnicas/raciais e 49% são de 68 países que não os Estados Unidos

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 02/07/2020 13:56
Oscar
A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas apresentou a lista com 819 novos membros que participarão das novas decisões do Oscar a partir da edição de 2021. Seguindo planejamento de diversificar os membros votantes, foram adicionados 45% de mulheres, 36% de minorias étnicas/raciais e 49% de 68 países que não os Estados Unidos.

[SAIBAMAIS]As novas admissões para Academia fazem parte de um plano que começou em 2016 para uma maior diversificação dos filmes que concorrem ao Oscar. A ideia era dobrar o número de mulheres e não brancos em resposta ao movimento #OscarSoWhite, uma denúncia de que o prêmio só indicava artistas brancos.

O objetivo foi atingindo. O número de mulheres passou de 1.446 em 2015 para 3.179 em 2020. Na mesma época, o de pessoas não brancas passou de 554 para 1.787. O de artistas de fora dos Estados Unidos foi de 747 para 2.107.

Entre os nomes famosos convidados para votar nos próximos Oscars estão Yalitza Aparício (Roma), Udo Kier (Bacurau), Ana de Armas (Entre facas e segredos), Florence Pugh (Adoráveis mulheres) e Awkwafina (Podres de ricos). Ao todo são 75 atores e atrizes que já foram indicados e 15 vencedores.

O vencedor do último prêmio de Melhor Filme, Parasita, foi motivo para mais de 20 dos novos membros. Atores, um roteirista, produtores e membros da equipe técnica estão entre o votantes a partir da próxima edição do evento. Vale lembrar que o atual detentor do prêmio de Melhor Direção, Bong Joon-ho, e o ator Song Kang-ho já fazem parte da Academia desde 2015.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação