Diversão e Arte

Artistas brasileiros usam TikTok como ferramenta para alcançar o sucesso

De Niack a Angel, como a rede social TikTok viralizou músicas e popularizou artistas no Brasil

Pedro Ibarra*
postado em 04/07/2020 11:27
Niack, funkeiro dono da música 'Na raba toma tapão'Muitas são as formas de músicas alcançarem o patamar de sucessos, contudo recentemente uma ferramenta tem sido crucial. O TikTok, uma rede social de vídeos curtos de 15 a 60 segundos, tem sido uma das responsáveis por sucessos na música brasileira e estrangeira. Na raba toma tapão, do funkeiro Niack; Eu já, eu nunca, de Angel; Tudo em sigilo, da MC Bianca, foram sucessos na plataforma e de ouvintes em streamings no Brasil. Internacionalmente, o TikTok ajudou nos sucessos de Old town road, de Lil Nas X, e The Box, de Roddy Rich, músicas com milhões de reproduções em serviços como Spotify e YouTube.

Em meados de maio, uma série de jovens adeptos do aplicativo no Brasil começaram um desafio de qual estado brasileiro teria o melhor estilo de funk. A faixa usada para as versões foi Na raba toma tapão, de Niack. Lançada em abril, a canção teve um boom de ouvintes chegando a ser a música brasileira mais escutada naquele mês no app Deezer e alcançando a marca de mais de 25 milhões de reproduções pelo Spotify.

;No começo, foi espontâneo, a gente não imaginava que o engajamento da música começaria de lá;, comenta Niack sobre o sucesso repentino da música. O funkeiro falou que, quando ele e a equipe perceberam, começaram a trabalhar com ações de marketing em cima disso. ;Tem sido gratificante demais para mim, porque, apesar de eu ter acreditado que algum som meu iria estourar, eu não achei que seria tão rápido;, conta o cantor. Ele também ressalta que, após todo este processo, passou a ser mais ativo no TikTok para interagir com os fãs.

O MC tem utilizado a rede social atualmente para impulsionar os próximos lançamentos. Niack contou também por lá o lançamento de outros videoclipes. ;Minha meta é conseguir emplacar mais alguns hits e, se assim Deus permitir, trabalhar bastante para dar uma condição melhor para a minha família;, vislumbra o músico.

Quem também teve sucesso pelo aplicativo foi a cantora Angel. ;Devido à quarentena, eu fiquei com mais tempo livre e compus essa música. Queria levar diversão para as pessoas que estão em casa. Aí, pensei em coisas comuns que todo mundo fez e criei a canção;, conta a cantora. A produção passou a ser usada no Tik Tok com pessoas respondendo às perguntas feitas pela cantora.

Diferentemente de Niack, a cantora era adepta da rede social. "Posto vídeo lá todos os dias! Fica aí o meu @ pra quem quiser seguir: angeloficial_;, conta a cantora que antes do sucesso no app tinha apenas um EP de 5 faixas, Be free.

Por não ter sido pensada exatamente para o aplicativo, mas ter se popularizado por lá, o sucesso foi surpreendente para cantora ;Foi algo que aconteceu. Eu pensei nas pessoas brincando de Eu Nunca, Eu já, até porque, quem nunca brincou disso, né? Mas não imaginei que fosse viralizar logo no TikTok;, lembra Angel. ;Acho também que é uma super oportunidade pras pessoas mostrarem seus trabalhos, vi gente de várias áreas ganhando visibilidade por causa dos vídeos postados lá;, completa a artista.

A quarentena não foi produtiva apenas para Angel. O TikTok como um todo teve uma subida no número de usuários e visualizações. O app aproveitou os tempos em que as pessoas estão mais próximas do celular para lançar projetos conscientização que chegaram a ser vistos na casa das bilhões de vezes, segundo informações de Rodrigo Barbosa, , community manager do aplicativo no país. ;Mais do que nunca, nosso usuários estão recorrendo a plataformas online como o TikTok para se manterem entretidas, informadas e conectadas. Isso já vinha acontecendo antes da covid-19, mas se intensificou desde o início da pandemia;, explica Rodrigo.

Famoso mundialmente desde 2018, quando se tornou o aplicativo mais baixado dos Estados Unidos, o TikTok conquistou uma legião de fãs no Brasil. "Temos uma estratégia de localização forte, em que incentivamos os usuários a criarem conteúdos relevantes para a sua cultura e tendências regionais. Acreditamos que isso tenha feito a diferença para o nosso sucesso no país", explica o community manager.

"Desde o nosso lançamento aqui, recebemos uma resposta muito positiva do mercado e estamos entusiasmados com o forte engajamento de nossos usuários brasileiros e a tendência contínua de crescimento no país", conta Rodrigo e já projeta o futuro do app. "Continuaremos a trabalhar em estreita colaboração com a comunidade local e parceiros, para apoiar nossos usuários e apoiar os esforços de recuperação em um mundo pós-pandemia. As equipes de operações locais continuarão a garantir que o TikTok forneça o melhor suporte da comunidade para criatividade e descoberta para usuários locais", completa.

Famosos no Tiktok

O aplicativo também passou a ser usado por celebridades durante este tempo em casa. Anitta, Bruna Marquezine, Larissa Manoela, além de jogadores de futebol como Neymar e o polonês Robert Lewandowskisão adeptos da rede social.

*Estagiário sob a supervisão de Igor Silveira. Colaborou Adriana Izel

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação