Diversão e Arte

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para este domingo (5/7)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar este domingo, 5 de julho, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 05/07/2020 06:00
 (foto: Stan Honda/AFP; CB)
(foto: Stan Honda/AFP; CB)

Horóscopo deste domingo, 5 de julho

A manifestação da vida

Data estelar: Lua Cheia de Capricórnio eclipsada pela sombra da Terra

O céu que a Astrologia tenta decifrar de tempos imemoráveis não é o do andar físico das órbitas planetárias, mas o das potências cosmogônicas invisíveis, que circulam pelo Universo inteiro, preenchendo seu aparente vazio. Tu, como entidade integrada ao Universo, és o lugar físico mediante o qual inúmeras correntes de vida invisíveis tentam se manifestar. Porém, ser humano é uma experiência complexa, já que não é suficiente que essas correntes de vida estejam disponíveis, tu hás de querer que se manifestem através de ti e, além disso, preparar teu intelecto, emoção e corpo para que sejam meios eficientes de transmissão e expressão de tudo que está disponível para manifestação. Estuda para fortalecer teu intelecto, expressa as verdades emocionais e aprimora constantemente teu corpo físico.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Entre o passado e o futuro está seu coração, ciente de que, por melhor que sejam as memórias, elas precisam ser deixadas de lado para abraçar um futuro incerto, mas que acena a você com oportunidades interessantes.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Procure se dedicar a passar a limpo as questões que ficaram engasgadas e que precisam de esclarecimento. Procure se aproximar às pessoas com quem você tem diferenças, porque este é um momento de concórdia.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Porque falta, porque sobra, porque não circula, porque está em outro lugar diferente de onde você busca, de todas as maneiras que você o pensar, o dinheiro sempre gera ansiedade e preocupações. Hora de sair dessa rotina.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

As tensões nos relacionamentos não são profecias de tempos difíceis vindo por aí. Ao contrário, essas tensões, se bem administradas, podem se converter no fundamento sólido para a melhoria das interrelações.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Aquiete seu coração porque você tem vontade de fazer isso, e não porque as circunstâncias ao seu redor ajudem pacificando os acontecimentos. Faça com que seu humor seja independente dos acontecimentos.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Evite o ensimesmamento, porque enquanto você se encerrar dentro de seus pensamentos, muitas oportunidades disponíveis continuariam invisíveis. Para superar o ensimesmamento, amplie sua rede de contatos. Só assim.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

O progresso futuro depende inteiramente de seu atrevimento, do nível de apostas que você faça intencionalmente em seus projetos, sem ter certeza de se suas escolhas são as certas, ou se haveria alternativas melhores.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Quando a alma se entusiasma, toma decisões precipitadas. Não há nenhum mal terrível nisso, porque o próprio sentimento de entusiasmo é nobre demais para conduzir a algo negativo, mas, amadurecer é necessário também.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

É propício fazer algumas manobras para sua alma se sentir mais segura, confortável e dona do pedaço, inclusive. Tome as iniciativas pertinentes, mas cuide para não pisar no calo de ninguém ao fazer isso. Aí não.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

A boa intenção há de ser demonstrada através de ótimas atitudes práticas, porque, só assim as pessoas perceberiam que você quer o melhor para elas. Pensar não é suficiente, desejar tampouco, é preciso agir.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

É tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que a alma fica com vertigem, atordoada e incapacitada de tomar as iniciativas pertinentes. Por isso, tome distância, respire fundo, faça amizade com o tempo e decida depois.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Ser humano é uma construção intencional de destino, porque se você ficar dependendo do que a natureza prover, experimentará inércia e decaimento. Ser humano faz de você uma entidade que depende da força de vontade.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação