Publicidade

Correio Braziliense

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta segunda (6/7)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta segunda-feira, 6 de julho, de acordo com cada signo


postado em 06/07/2020 06:00

Horóscopo desta sexta-feira, 6 de julho(foto: Stan Honda/AFP; CB)
Horóscopo desta sexta-feira, 6 de julho (foto: Stan Honda/AFP; CB)

Juntando os cacos

Data estelar: Lua míngua em Aquário

 

Após as fortes emoções que se manifestaram no final de semana, porque durante as Luas Cheias somos tomados por forças que não dominamos, já que maiores do que nossa capacidade de entendimento e, ao mesmo tempo, sendo teimosos como somos a respeito de manter o controle sobre tudo, acabamos enfiando os pés pelas mãos, vindo agora a oportunidade de juntar os cacos e consertar as impertinências. Todos os deslizes que cometemos têm uma única origem, a de que, ainda, o princípio fundamental da construção do destino humano não está consolidado em nossas consciências; resistimos a aceitar que precisamos uns dos outros. Tudo que de belo e verdadeiro o ser humano pode construir e merece, só é possível fazer através de relacionamentos de interdependência e reciprocidade. Sem isso, as Luas Cheias continuarão sendo violentas.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

A conclusão de uma parte do que interessa a você está disponível, porém, amarrada com o simultâneo início de outro processo, de maior complexidade ainda do que o anterior. Este, definitivamente, não é tempo de descansar.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Há coisas que precisam ser ditas, mas não de qualquer forma, ofendendo as pessoas, porque assim, o que poderia ser um momento de libertação, degringolaria em mais uma dessas brigas que não levam a nada.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

A inércia é sua inimiga, porque ela seduz com a perspectiva de que, se deixar tudo correr solto, as coisas se solucionariam por si sós. Nada disso, a única solução disponível é a de você tomar atitudes práticas.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Agora há uma brecha aberta por onde você poderia tomar algumas iniciativas que, apesar de não serem aceitas por todas as pessoas, ainda assim resultariam em soluções. Este é um momento de decisão e de ação combinados.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

As decisões mais íntimas e verdadeiras não podem ser orientadas por mais ninguém, a não ser sua própria alma. Isso agrega um tanto de solidão ao caminho, mas é uma do tipo que promove crescimento e maturidade.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Bons relacionamentos ajudam muito, assim como, também, os relacionamentos desprovidos da espontânea conexão espiritual acabam atrapalhando demais, porque focados em estritos interesses materiais. É assim.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Este não seria um momento no qual você deveria gastar seu tempo tentando agradar quem quer que seja. Este é um momento de objetividade, no qual você pode aproveitar a oportunidade de imprimir avanço em seus projetos.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

O voo na direção de um futuro melhor depende inteiramente do tamanho das asas que você tiver desenvolvido, e do quanto andou se exercitando na arte de voar. Trabalhe em si, se aprimore o quanto possível.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Para a alma sagitariana, a contenção é passageira, e o atrevimento permanente. Por isso, não foi tempo perdido tudo o que passou recentemente, porque a partir de agora as coisas retomam o ritmo que corresponde.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

As discordâncias que acontecem perto de você podem não ter diretamente a ver com nada do que lhe disser respeito, porém, a proximidade não oculta que deve haver alguma ligação que, sim, lhe diga respeito.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Aquelas tarefas eternamente procrastinadas são justamente as que você tem chance de domesticar neste momento. Nada disso acontecerá sem você se munir de boa vontade e a colocar em prática o mais rápido possível.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Para que tudo siga na direção do que você planeja, serão necessárias intervenções firmes e impopulares, porque uma boa parte das pessoas envolvidas preferiria tomar atitudes mais conservadoras, recheadas de medo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade