Publicidade

Correio Braziliense

Após brigas com Caio Coppolla, Augusto Botelho sai de programa na CNN

O advogado não é o primeiro a deixar a atração. Gabriela Prioli já tinha saído após desavença com o bacharel em direito


postado em 09/07/2020 20:04 / atualizado em 09/07/2020 20:05

(foto: Reprodução/YouTube)
(foto: Reprodução/YouTube)
Outro participante do programa Grande debate decidiu deixar a atração. Augusto Botelho anunciou — por meio das redes sociais —nesta quinta-feira (9/7) que não fará mais parte da CNN. A saída do advogado segue a de Gabriela Prioli e ocorre após constantes discussões ao vivo com o outro participante do programa, o bacharel em direito Caio Coppolla.

 

“A partir de hoje, decidi não mais integrar o Grande debate. Para quem pôde acompanhar meu empenho em fazer análises baseadas em fatos, e não em delírios ou achismos, fica aqui meu agradecimento”, escreveu Botelho, que ainda completou afirmando que a saída do programa não significa um abandono da emissora.

 

Brigas constantes

As discussões entre os Caio e Botelho fizeram parte da rotina do programa. Nesta quarta-feira (8/7), entretanto, parece que a briga chegou ao ápice — precisando até mesmo ser interrompida pela apresentadora do programa, Monalisa Perrone.

 

Tudo começou quando Coppolla usou o tempo de “argumento inicial” do programa para alfinetar Botelho: “Um dos pressupostos de um bom debate é a credibilidade dos debatedores. Mas ontem, neste mesmo programa, eu tive a minha credibilidade questionada publicamente. Por isso, quero aproveitar essa fala inicial para defender a minha reputação”.

 

Perrone então entrou em cena e pediu para os debatedores se manterem no tópico do programa (que era a volta do futebol pelo país).  “Eu gostaria de tratar se Beatles é melhor que Rolling Stones. Se a gente tem essa liberdade aqui de simplesmente trazer o tema que bem entende, eu quero tratar sobre que banda é melhor”, provocou Botelho.

 

A apresentadora até ameaçou encerrar o programa, caso os ânimos não se acalmassem.

 

O motivo da briga desta quarta foi um outro episódio, em que Botelho questionou a veracidade de uma informação apresentada por Coppolla sobre a forma de infecção por covid-19 em Nova York, nos Estados Unidos.

 

Segunda baixa

Botelho segue os passos de Gabriela Prioli, que, em março deste ano, saiu do mesmo programa após discussões com Coppolla. Em uma longa explicação no Twitter, a mestre em direito penal pela Universidade de São Paulo afirmou que não estava disposta a lidar com o constrangimento que passava no programa.

“Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras”, afirmou.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade