Diversão e Arte

Léo Santana fala sobre show em drive-in no DF: ''Vai ser muito diferente''

Cantor mostrou estranhamento em relação ao formato, mas celebrou a oportunidade de se reaproximar do público

Fernando Jordão
postado em 17/07/2020 14:00
Léo SantanaCom apresentação marcada para 22 de agosto no Drive Show Brasília, no estacionamento do estádio Mané Garrincha, o cantor Léo Santana afirmou não saber exatamente como se sentirá ao cantar para o público no interior dos veículos.

Até o momento, a apresentação em Brasília é a única marcada de Léo no novo formato. "No meu show, é muito natural a gente falar ;pula;, ;tira o pé do chão;. Como é que vai ser com todo mundo dentro do carro? Vai ser muito diferente, vai ser muito estranho", disse o cantor, aos risos. "Vai ser incrível, mas sendo bem sincero, não sei como vai ser. Eu olhando do palco e vendo só carro, pensando ;será que o povo está se divertindo?;. Resumindo, é o novo e a gente tem que se adaptar", acrescentou.

O Gigante ; como o cantor é conhecido ; ponderou, contudo, que esta pode ser uma maneira de manter a indústria do entretenimento em funcionamento. "É um caos mundial, pessoas desempregadas, algumas até passando necessidade mesmo. Sempre se fala em lojistas, ambulantes, todos os meios de emprego, mas ainda não vi a minha classe, a classe musical. A gente também tem contas para pagar. Eu não sei fazer outra coisa a não ser cantar, estar no palco, levar alegria para o povo. É preciso ter atenção para a classe musical, todas as pessoas envolvidas, roadies, técnicos, que vivem da arte e não têm como trabalhar. Também é um modo de se reaproximar dos fãs, matar um pouco a saudade", refletiu.

[SAIBAMAIS]O show de Léo Santana é parte da , que ocupará o estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, no Eixo Monumental, com capacidade para 600 carros. Os ingressos custam a partir de R$ 110 e o preço varia de acordo com o setor, podendo chegar até a R$ 528, incluindo as taxas. O valor é referente ao veículo, que pode ter até quatro pessoas.

Além do cantor baiano, estão confirmados nomes como Maiara & Maraisa, Raça Negra, Capital Inicial, Sorriso Maroto, É o Tchan, Harmonia do Samba, Saia Rodada, Menos É Mais, Patati Patatá e Melhores do Mundo. Mais atrações ainda devem ser anunciadas pela produção do evento, que é composta por integrantes de seis produtoras culturais do Distrito Federal.

Nova música

As declarações de Léo foram dadas em entrevista coletiva virtual promovida para divulgar o lançamento da faixa Proibida para adolescente, fruto de parceria com o carioca MC Du Black, lançada nesta sexta-feira (17/7) nas plataformas de streaming de música.

Na ocasião, Du Black também comentou sobre a possibilidade de se apresentar para o público em carros: "Enquanto os empresários não tiverem uma resposta definitiva do que a gente vai fazer daqui pra frente, eles sempre vão dar um jeito de inovar. As lives fluíram, saíram de uma coisa mais intimista no Instagram, foram para o YouTube, com mais estrutura. Com essa nova forma, eu acredito que será bom para uns, mas para outros não. Como a gente faz um drive-in com o funk, com o pagodão? Vai chegar uma hora que vai ficar confortável para um e desconfortável para outro. Mas essa inovação, essa metamorfose vai continuar até a gente ter uma resposta definitiva".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação