Diversão e Arte

Curta Brasiliense 'Algoritmo' discute o papel do Estado nas redes sociais

O diretor Thiago Foresti anunciou pré-estreia para o dia 30 de junho no canal do Youtube da Forest Comunicação

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 20/07/2020 12:23

Curta é uma distopia sobre comportamento e redes sociaisEm tempos em que se discute até que ponto a liberdade nas redes sociais não é nociva para o bem estar social, o diretor Thiago Foresti apresenta o curta Algoritmo. Filme inspirado por estas discussões e que critica o papel do Estado como mediador das interações entre usuários no meio virtual, o longa tem pré-estreia no canal do Youtube da Forest Produções no dia 30/7.

O filme apresenta um futuro distópico em que toda interação on-line é investigada por um sistema operacional governamental chamado Umbra. A situação é apresentada por meio do caso da personagem Nicole, uma estudante de veterinária que passa a ser perseguida pelo sistema.

O filme é inspirado no Projeto de Lei 2.630/2020, conhecido popularmente como PL das Fake News. O projeto em discussão na Câmara dos Deputados tem uma série de lacunas que, segundo especialistas, podem abrir precedentes para maior vigilância dos usuários de redes sociais. Outro ponto muito criticado do projeto é que ele burocratizaria o acesso a plataformas pedindo documentos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação