Diversão e Arte

Morre, aos 89 anos, o poeta José Santiago Naud

O autor tem história rica em Brasília tendo sido fundador da UnB e da Associação Nacional de escritores

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 21/07/2020 11:45

Morreu na noite da última segunda-feira (20/7) o poeta e professor José Santiago Naud. O autor tinha 89 anos e não teve a causa da morte revelada, ele faria 90 anos na próxima sexta (24/7). Professor fundador da Universidade de Brasília (UnB), Naud terá velório fechado apenas para família e amigos próximos.

José Santiago Naud

Nascido em Santiago, Rio Grande do Sul, José Santiago Saud era diretor do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/RS) quando veio para Brasília durante a fundação em 1960. Em 1962, ele fez parte do grupo de professores fundadores da Universidade de Brasília, onde lecionava, na área de graduação, letras clássicas. Além de ter lecionado nas universidades de Yale e UCLA (Estados Unidos) e ter sido chefe de estudos brasileiros pelo Ministério das Relações Exteriores na Bolívia, na Argentina, no Panamá e no México.

Além da UnB, Suad também foi pioneiro na Federação Espírita do Distrito Federal e fundador do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal. Ele também ajudou a iniciar a Associação Nacional de Escritores, da qual era ainda membro. Em comunicado a ANE, compartilhou ;muito pesar; pela notícia da morte do autor a quem lembrou como ;formidável poeta, professor e intelectual brasileiro;.

Na carreira literária, publicou 21 livros, entre eles Pedra azteca (1985), Memórias de signos (1993) e Antologia Pessoal (2001). Ele era amigo de nomes importantes na literatura, como Carlos Drummond de Andrade e Ángel Crespo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação