Diversão e Arte

Álbum visual de Beyoncé, 'Black is King' tem trailer e cartaz revelados

Baseado no trabalho 'The lion king: The gift', o filme será lançado em 31 de julho na Disney%2b

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 21/07/2020 16:00
BeyoncéO filme Black is King, álbum visual da cantora Beyoncé, teve o trailer e o primeiro cartaz do longa, que será lançado em 31 de julho na plataforma de streaming Disney%2b, revelados. A produção é baseada no disco The lion king: The gift, lançado pela diva pop em 2019 e inspirado no processo criativo da regravação live-action de O rei leão.

[SAIBAMAIS]A produção promete apresentar uma reflexão sobre o tratamento dos negros na sociedade, além da cultura e ancestralidade do povo africano. Participam do filme figuras como Lupita Nyong;o, Pharrell Williams, Tina Knowles-Lawson, Kelly Rowland, Aweng Ade-Chuol, Adut Akech e Naomi Campbell. Além de artistas que participaram do álbum como Jay-Z.
Cartaz de Black is king, de Beyoncé

O longa conta com sucessos do disco The lion king: The gift, como Mood 4 eva, Brown skin girl e My power, e os artistas envolvidos nestas canções, incluindo . Ainda não há data de lançamento da Disney no Brasil, então não há previsão de estreia oficial do longa no país.

[VIDEO1]

O trabalho é assinado por Beyoncé, que participou da direção e do roteiro. A cantora montou uma equipe com pessoas que trabalharam com ela durante toda a carreira da estrela, entre elas, Pierre Debusschere e Jake Nava que trabalharam em clipes da artista, além de Kwasi Fordjour codiretor com quem Beyoncé trabalha constantemente.

Para gravação do longa foram usadas locações na África do Sul e na África Ocidental, além de Nova York, Los Angeles, Londres e algumas cidades da Bélgica.

Devido a importância do tema para a sensação de pertencimento dos povos africanos, mesmo com lançamento exclusivo na Disney , Beyoncé fechou um acordo para que o longa seja exibido simultaneamente em países do continente, como África do Sul, Nigéria, Gana, Etiópia, Namíbia, Camarões, Libéria, Burundi, Senegal, Togo, Somália, Benin, Congo, Quênia, Costa do Marfim, Zimbábue, Malawi, Gabão e Cabo Verde.

[VIDEO2]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação