Publicidade

Correio Braziliense

Horóscopo: confira o que os astros revelam para esta sexta (31/7)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta sexta-feira, 31 de julho, de acordo com cada signo


postado em 31/07/2020 06:00

Horóscopo desta sexta-feira, 31 de julho(foto: Stan Honda/AFP; CB )
Horóscopo desta sexta-feira, 31 de julho (foto: Stan Honda/AFP; CB )

Angústia

Data estelar: Lua cresce em Capricórnio

 

A angústia não te é estranha, é tua companheira, surge indômita em teus momentos de vulnerabilidade diante da complexidade da experiência de vida, assim como também serpenteia como víbora venenosa nas tuas épocas de glória, quando tens certeza de que tudo está ao teu favor. Qualquer tentativa que fizeres para te livrar da angústia será contraproducente. Isso não significa que tu não devas aprender a ter recursos para lidar com ela, apenas que tu erras quando imaginas ser possível a exorcizar definitivamente de tua vida. A angústia é o efeito colateral de nossa ignorância, da certeza inefável de que a vida é maior do que nossa capacidade de a entender e que, por isso, não temos domínio sobre ela. Porém, dessa mesma fonte que a angústia nasce, também nasce a perspectiva de iniciares teu caminho espiritual.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Diversas adaptações e ajustes se tornarão necessários e até urgentes, porém, nada precipitado daria certo neste momento. Por isso, o melhor a fazer é conversar abertamente sobre as necessidades, aceitando ajuda.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Aproveite os trancos e solavancos de hoje para reinventar seus planos, porque há formas melhores de fazer o que tem em mente. Apesar dos inconvenientes deste momento, ainda assim há espaço para manobrar e avançar.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Que tudo saia bem na primeira tentativa, isso seria muito pedir para o momento. Porém, com a alma leve e desapegada dos resultados, você poderia aproveitar a ocasião para experimentar diversas alternativas. Isso sim.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Ofereça seu melhor, ainda que a contrapartida não esteja disponível. Isso dá uma sensação de desequilíbrio, porém, as coisas se ajustariam um pouco mais à frente. Por isso, continue oferecendo seu melhor.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Aquilo que você fica sabendo muda completamente sua visão do cenário, e incita a fazer vários ajustes. Porém, isso não pode ser feito de imediato, nem tampouco sem os devidos cuidados. Tome um tempo e reflita.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Aquilo que você faria não é o que seria melhor fazer agora. Por isso, melhor tomar distância e observar desapegadamente o curso dos acontecimentos, aguardando pela deixa que a vida oferecer, e aí entrar em campo.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Faça o que estiver ao seu alcance e evite depender demais da ajuda que as pessoas ofereceram em outros momentos, porque, ainda que elas estejam cheias de boas intenções, o que elas enfrentam lhes impede ajudar.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

As verdades precisam se converter rapidamente em atitudes práticas, porque de outra maneira se perderia a oportunidade de sincronizar teoria e prática, uma condição essencial para haver avanços significativos.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Cuide dos seus interesses, mas principalmente cuide para que este cuidado não seja atrapalhado, preferindo fazer manobras seguras, em vez de continuar se lançando ao futuro de forma indômita. Tudo em segurança.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Sair dos seus planos será sempre um grande desafio, porque, mesmo você concedendo essa possibilidade, você não o faria sem sentir um profundo mau humor por isso. No entanto, às vezes é preciso seguir outro rumo.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Receber ajuda seria perfeito, mas o que fazer se essa é negada, ou se simplesmente as pessoas andam olhando para outro lado e não percebem sua necessidade? Enquanto isso, há coisas que precisam ser feitas.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

São coisas demais acontecendo ao mesmo tempo, por isso, outorgue licença a si para errar e se atrapalhar, porque não haveria nada mais legítimo do que isso, diante do cenário de complicações. Você vai dar conta. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade