Diversão e Arte

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta terça (4/8)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta terça-feira, 4 de agosto, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 04/08/2020 06:00

Horóscopo desta terça-feira, 4 de agosto

A tormenta perfeita

Data estelar: Marte e Júpiter em quadratura; Lua Cheia em Aquário

Os ingredientes que nutrem a revolta social que se alastra pelo mundo não são novos. A novidade consiste em terem sido despertos da letargia todos ao mesmo tempo, constituindo a célebre ;tormenta perfeita;. É imprevisível se dessa condição surgirá uma civilização mais sábia ou se a decrepitude desta se acentuará nos próximos anos. Provavelmente acontecerão as duas coisas ao mesmo tempo, penso eu. Estamos vivendo uma crise da civilização, e ainda esta não se converteu em oportunidade, porque, em si mesma, a crise é o ponto de inflexão de certas condições no qual, ou tudo melhora e se revigora, ou entra em declínio até morrer. Não te admires, por isso, de teres em tuas mãos o peso de decisões muito difíceis, porque neste momento tu deixaste de ser um indivíduo e passaste a ser uma entidade histórica e sociológica.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Quando se torna necessário fazer algumas intervenções que provocarão desgosto e discórdia, ninguém melhor para isso do que uma alma ariana. Siga em frente, faça o necessário, e que o mundo se adapte a isso.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Ainda que o cenário não seja do seu gosto, é muito importante você se adequar aos acontecimentos, no lugar de tentar continuar em frente com sua visão das coisas. Adaptabilidade é o maior desafio na atualidade.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Apesar de todas as inseguranças que só aumentam, em vez de abaixar, você vai ter de assumir algumas posturas práticas e, se para isso precisar passar por severas discordâncias com as pessoas, vai valer mesmo assim.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Já que todo mundo incentiva você a assumir a liderança das iniciativas, escolha você a forma de agir e a hora em que isso aconteceria. Evite agir aos empurrões, porque o resultado seria contraproducente.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Aquilo que precisa ser feito não é o que você deseja e, por isso, novamente sua alma se encontra às voltas com o lendário dilema humano entre suprir as necessidades ou satisfazer os desejos. Ofereça seu melhor.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

A saída consiste em reforçar os laços de cooperação e solidariedade que foram se perdendo na luta pela independência. Depender de outras pessoas para continuar em frente parece ruim, mas é muito bom. Claro que sim.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Se as decisões necessárias desagradarem algumas pessoas, esse será o justo preço a pagar para tirar as coisas do marasmo. É preciso uma dose maior que a habitual de atrevimento para seguir em frente. Você consegue.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Enquanto você estiver no foco de fazer o necessário, não sobrará tempo para se enredar em argumentações contraproducentes. A ação prática evitará isso, mas é preciso você tomar a firme decisão de fazer assim.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Para que o panorama fique bom para a maior quantidade possível de pessoas, é inevitável tomar algumas decisões duras, e deixar algumas delas de fora. Isso não aconteceria se houvesse boa disposição da parte delas.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Quando as reflexões não são feitas na hora dos acontecimentos, em algum momento do futuro você receberá críticas que obrigarão a fazer essas reflexões. Aproveite o momento, não empurre ao futuro.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Não raramente, a alma interpreta de forma errada o cenário, achando que está tudo aberto para avançar a passos largos, quando, na verdade, há inúmeras questões que indicariam que o melhor seria andar com cuidado.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

É irrelevante deixar claro quem manda por aí, isso só vai estender desnecessariamente uma luta de poder, enquanto a oportunidade disponível passa longe disso, que é, colocar em prática com rapidez os planos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação