Divirta-se mais

ROTEIRO-22

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 28/02/2020 04:17
Índios brasileiros
Aliança Francesa (708/908 Sul). Hoje, das 8h às 20h. Exposição do fotógrafo Ricardo Stuckert. Na exibição, fotos registradas desde 1997, em que o artista mostra o cotidiano e a vida de indígenas pertencentes a pelo menos 11 aldeias brasileiras. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

As ordens no paraíso
Referência Galeria de Arte (202 Norte, Bl. B, lj. 11, subsolo; 3963-3501). Hoje, das 10h às 19h; e amanhã, das 10h às 15h. Exposição com pinturas a óleo e desenhos a carvão da artista plástica Alice Lara, brasiliense radicada em São Paulo, fruto de uma residência no Zoológico de São Paulo, que aborda as relações entre humanos e animais. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Curare
Galeria Casa (CasaPark, SGCV lt. 22; 3403-5300). Hoje e amanhã, das 14h às 22h; e domingo, das 14h às 20h. Projeto da galeria DeCurators com instalações criadas por oito duplas de artistas e curadores. Gustavo Silvamaral foi curado por Ralph Gehre; Lino Valente, por Renata Azambuja; Ludmilla Alves, por Atila Regiani; Lis Marina Oliveira, por Cinara Barbosa; João Trevisan, por Bené Fonteles; Mariana Destro, por Marília Panitz. Luciana Ferreira. por Graça Ramos; e Thiago Pinheiro, por Wagner Barja. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Do teu saudoso Oswaldo
Museu Nacional dos Correios (SCS, Q.4, Bl. A, Edifício Apollo; 2141-9276). Hoje e amanhã, das 10h às 19h; e domingo, das 14h às 18h. Exposição com fotos, vídeos e cenografia, que explora a vida pessoal do cientista e sanitarista Oswaldo Cruz, a partir de correspondências dele com a mulher e os filhos. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Os ideais do Renascimento
DF Plaza Shopping (Rua Copaíba, lt. 1, Águas Claras). Até 17 de março. Hoje e amanhã, das 10h às 22h; e domingo, das 12h às 22h. Homenagem aos 500 anos do legado de Leonardo Da Vinci. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Construção obsessiva
Museu Nacional da República (SCS, lt. 2, Esplanada dos Ministérios). Hoje, amanhã e domingo, das 9h às 18h30. Mostra individual com obras do pintor baiano Aurelino dos Santos, autodidata, andarilho, e diagnosticado com transtorno mental, cuja obra é comparada à de pintores modernistas como Tarsila do Amaral e Alfredo Volpi. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Melvin Edwards
Museu Nacional da República (SCS, lt. 2, Esplanada dos Ministérios). Hoje, amanhã e domingo, das 9h às 18h30. Mostra individual do artista norte-americano Melvin Edwards, com esculturas feitas de materiais como aço, ferramentas de ferro, correntes e arame farpado, remetendo à segregação racial e à violência contra as populações negras. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Orixás: Geometria, símbolos e cores
Museu Nacional da República (SCS, lt. 2, Esplanada dos Ministérios). Hoje, amanhã e domingo, das 9h às 18h30. Mostra individual do artista brasiliense Josafá Neves, com pinturas geométricas, esculturas e instalações que aludem a 16 orixás cultuados no Brasil. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Triangular: Arte deste século
Casa Niemeyer (SMPW 26, cj. 3 cs. 7, Park Way). Hoje, amanhã e domingo, das 8h às 18h. Exposição com obras de mais de 100 artistas contemporâneos brasileiros, cujas obras foram doadas ao acervo da Casa da América Latina, da UnB, e ficam em exibição até o segundo semestre do ano que vem na casa em que Niemeyer morou e que projetou para si (patrimônio da UnB). O museu tem um caráter universitário baseado em abordagem triangular da professora Ana Mae Barbosa: contextualização, apreciação e prática. A mostra tem obras de artistas como Ana Teixeira (MG), Aline Motta (RJ), Eduardo Belga (DF), Dalton Paula (GO), Danielle Fonseca (PA), Denilson Baniwa (AM), Gê Orthof (DF), Grupo Contrafilé (SP), Guerreiro do Divino Amor (RJ), Helô Sanvoy (GO), João Castilho (MG), Juliana Notari (PE), Laercio Redondo (RJ), Lyz Parayzo (SP), Marcelo Silveira (PE) e Sérgio Sister (SP). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Permanentes
Acervos do Brasil
CCBB (SCES, Tc. 2, cj. 22; 3108-7600). Hoje, amanhã e domingo, das 13h às 19h. Acervos que apresentam momentos históricos da economia brasileira. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Espaço Cultural Mão Brasileira
CCBB (SCES, Tc. 2, cj. 22; 3108-7600). Hoje, amanhã e domingo, das 9h às 21h. O espaço conta com mais de três mil obras de artistas como Rubem Valentim, Athos Bulcão, Veio, GTO, Artur Pereira, Gilvan Samico, Siron Franco, Jadir Egidio, Manuel Eudócio e Manoel Graciano. Também receberá lançamento de livros, oficinas, rodas de leitura e outras atividades. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Memorial Tancredo Neves
Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves (Praça dos Três Poderes). Hoje, amanhã e domingo, das 9h às 18h. Com curadoria de Marcello Dantas, o acervo permanente exibe documentos, notícias de jornal e memórias que retratam as origens do político mineiro. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Museu Vivo da Memória Candanga
(SPMS, lt. D, Núcleo Bandeirante; 3301-3590). Hoje e amanhã, das 9h às 17h. Visitação das exposições Poeira, lona e concreto, Renovação e tradição ; Novos caminhos, Casa do Mestre Popular, Espaço Lúcio Costa e Gibiteca e Artes visuais ; Biblioteca de artes de Brasília. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação