Publicidade

Correio Braziliense

Geração de energia fica estável em abril

 


postado em 30/04/2008 15:43 / atualizado em 30/04/2008 15:43

A carga de energia que circulou no sistema elétrico do país em abril ficou estável na comparação com o mês anterior, segundo dados preliminares divulgados nesta quarta-feira pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). Em relação a abril de 2007, o Boletim de Carga Mensal aponta incremento de 3,7%. No acumulado dos últimos 12 meses, o consumo de energia teve alta de 4,7%. O ONS informou, no boletim, que o resultado preliminar foi influenciado por temperaturas mais amenas, pouco comuns nesse período do ano, nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul. Nessa época, destaca o boletim, espera-se temperaturas mais elevadas e maior consumo da carga de refrigeração. O órgão chama atenção para o fato de o resultado, na comparação com março, ter ficado estável, contrariando a expectativa criada frente ao crescimento econômico atual. Entre os fatores que podem estar influenciando os números, estão o aumento da autoprodução -- que não é contabilizada na carga do sistema -- e o maior peso no PIB (Produto Interno Bruto) de setores menos intensivos em energia. Ao todo, a carga de energia elétrica que circulou no sistema em abril foi de 51.978 MW (megawatts) médios, ante 51.979 MW médios verificados no mês anterior. A carga de energia é uma prévia do consumo de energia. O ONS mede o valor total que passa no sistema, e não contabiliza as eventuais perdas de energia. Desse total, o sistema Sudeste/Centro-Oeste foi responsável por 32.313 MW médios, variação positiva de 0,2% em relação a março. Na comparação com abril do ano passado, a geração da região teve expansão de 3,1%. Nos últimos 12 meses, esse crescimento foi de 4,9%. Para o ONS, o resultado do Sudeste/Centro-Oeste também foi influenciado pela ocorrência de temperaturas mais amenas. No Sul, houve queda de 2,2% [total de 8.575 MW médios] em relação a março. Na comparação com abril de 2007, verifica-se aumento de 4,9%. No acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento ficou em 4%. Segundo o ONS, esse desempenho no Sul também está associado à ocorrência de diversas frentes frias, que não são muito comuns na região nessa época do ano, resultando em média abaixo da história. No Nordeste, os valores preliminares de carga de abril indicam aumento de 1,1% em relação ao mês anterior, e expansão de 5% na comparação com igual período no ano passado. O acumulado dos últimos 12 meses aponta crescimento de 5,1%, em relação a igual período anterior. O total consumido somou 7.484 MW médios. A ocorrência de chuvas acima do comum no início do mês influenciou o resultado, assim como a demanda de um consumidor livre que normalmente produz a própria energia. Na região Norte, a carga de abril foi 1,4% superior ao mês anterior. O consumo na região chegou a 3.606 MW médios. Na comparação com abril de 2007, foi registrado aumento de 3,6%. No acumulado dos últimos 12 meses, essa expansão chega a 3,6%. O ONS explica que o resultado teve grande influência de consumidores eletrointensivos, que têm grande parte da produção voltada para o mercado externo, e que não apresentou variação significativa ao longo de abril.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade