Economia

Vendas da Toyota no trimestre caem pela 1ª vez em 7 anos

;

postado em 24/10/2008 11:31
As vendas globais da montadora japonesa Toyota caíram 4% no terceiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Essa foi a primeira queda trimestral registrada nas vendas da empresa em sete anos. Segundo a companhia, o declínio das vendas é conseqüência do aumento dos preços da gasolina, que afetou negativamente a demanda dos Estados Unidos por veículos com alto consumo de combustível, e da crise financeira, que colaborou para a redução das vendas globais nas últimas semanas do trimestre. As ações da empresa fecharam em queda de 6,9% hoje na Bolsa de Tóquio. A Toyota informou que suas vendas totalizaram 2,236 milhões de veículos no período entre julho e setembro de 2008. No acumulado dos nove primeiros meses deste ano, a companhia vendeu 7,051 milhões de veículos em todo o mundo, volume quase estável em relação aos 7,049 milhões de unidades vendidas no mesmo período de 2007. No ano passado, a Toyota emergiu como a maior rival da General Motors (GM) para potencialmente ultrapassar a companhia americana como a maior vendedora de automóveis do mundo. Na época, a companhia apresentava crescimento firme das vendas de carros mais eficientes no consumo de combustível, como o híbrido Prius e os sedãs Corolla e Camry. A montadora japonesa não conseguiu superar a GM em vendas no ano passado, mas ocupou o posto de número um do mundo nos primeiros seis meses deste ano. A primeira queda nas vendas da Toyota em sete anos aconteceu após a montadora interromper temporariamente a produção de algumas picapes e veículos esportivos utilitários (SUVs) nos Estados Unidos a partir de agosto, em razão do declínio das vendas. Em julho, a Toyota cortou sua meta para vendas este ano e, em agosto, reduziu sua meta para vendas globais em 2009.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação