Publicidade

Correio Braziliense

Vendas de automóveis desabam nos EUA em outubro

 


postado em 03/11/2008 18:10 / atualizado em 03/11/2008 18:11

As principais montadoras dos Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (3/11) uma queda significativa de suas vendas em outubro, com a General Motors na cabeça: a GM teve um resultado 45% menor em relação ao mesmo período do ano passado, e o considerou o "pior mês" para suas atividades nos últimos 25 anos. A GM vendeu 170.585 novos automóveis e caminhões durante o mês, o que representa uma queda pronunciada, segundo a montadora, que atribui o fato à "incerteza sobre a profundidade da crise do crédito, assim como à queda dos índices de confiança do consumidor". "O mercado vinha encolhendo durante três anos, mas em outubro assistimos a um declínio dramático no setor e na GM", disse Mark LaNeve, vice-presidente da GM para a América do Norte. As vendas da Ford caíram 30,2% no mesmo mês, segundo cifras publicadas nesta segunda-feira. O grupo vendeu 132.838 veículos (Ford, Lincoln e Mercury), incluindo a marca Volvo. Por categoria, a Ford vendeu 40.854 veículos de passeio em outubro, ou seja menos 26,8% em um ano, e 88.267 do tipo utilitário, 4x4, crossovers, uma queda de 30,3%. O fabricante japonês Toyota, por sua vez, sofreu uma queda de suas vendas de 25,9% em um ano. Foram comercializados em outubro um total de 152.101 veículos, contra 197.592 no mesmo período do ano passado, segundo comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade