Publicidade

Correio Braziliense

Vale recua e desiste de elevar preço de minério na China

 


postado em 03/11/2008 20:17 / atualizado em 03/11/2008 20:18

O presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou nesta segunda-feira (3/11) que a mineradora retirou o pedido de aumento adicional de 12% para os preços do minério de ferro vendido a siderúrgicas chinesas. Segundo Agnelli, que falou a jornalista em Nova York, a decisão foi tomada "levando-se em conta as relações com os clientes da companhia". Na semana passada, Agnelli havia dito que a Vale insistiria no reajuste adicional sobre os contratos de 2008. Em meio à crise internacional, a Vale informou na última sexta-feira que iria reduzir sua produção de minério de ferro e outros minérios e subprodutos devido à desaceleração da economia global. A medida afetará atividades da empresa localizadas nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Amapá, além de plantas industriais e minas em quatro países - França, Noruega, China e Indonésia. Agnelli disse acreditar que a crise financeira é de intensidade muito forte, mas com fôlego curto. Para o executivo, os primeiros sinais de recuperação da economia global poderão ser notados no segundo trimestre de 2009.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade