Publicidade

Correio Braziliense

Cultura pede autorização experimental para canais digitais

 


postado em 17/03/2009 14:14 / atualizado em 17/03/2009 14:30

O presidente da TV Cultura, Paulo Markun, pediu nesta terça-feira (17/03) ao Ministério das Comunicações, uma autorização, em caráter experimental, para transmitir dois canais digitais, além do canal principal, no espectro digital da emissora. Na semana passada, a emissora dividiu o espectro e colocou no ar os três canais simultaneamente a chamada multiprogramação. Na sexta-feira, porém, após ser notificada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por estar transmitindo os canais sem autorização, a emissora recuou e tirou os dois canais extras do ar. De acordo com Markun, a Cultura já havia apresentado dois pedidos de autorização para os canais em fevereiro do ano passado e no dia 11 de março . "Em nenhum momento buscamos fazer qualquer coisa sem autorização. No momento em que o ministro considerou que isso era um ruído a gente tirou do ar", afirmou. Um dos canais digitais, o Universo TV, será usado por universidades públicas do Estado de São Paulo para transmitir aulas. Em maio, a Cultura inicia o primeiro curso de Neurociência, sobre epilepsia e Markun disse esperar que a autorização seja concedida pelo ministério até lá. Já o segundo canal, o MultiCultura, será usado experimentalmente para desenvolver a interatividade pela televisão. "O importante agora é que seja levado em consideração a importância do programa", completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade