Publicidade

Correio Braziliense

Volkswagen apoia uma fusão com a Porsche

 


postado em 06/05/2009 17:23 / atualizado em 06/05/2009 17:23

A Volkswagen prometeu apoiar o trabalho da força-tarefa que vai criar, dentro de quatro semanas, a base para a combinação de suas operações com as da Porsche. Segundo a Porsche, a força-tarefa vai incluir pessoas ligadas ao segundo maior acionista da Volks, o Estado de Baixa Saxônia, bem como representantes trabalhistas das duas companhias A decisão foi tomada hoje após reunião entre membros das famílias Porsche e Piech, controladoras da Porsche. A ideia é criar uma gigante integrada do setor automotivo com dez marcas independentes das duas montadoras. O anúncio representa o fim dos planos ambiciosos do executivo-chefe da Porsche, Wendelin Wiedeking, de elevar a fatia do grupo na Volkswagen para 75% e pressionar por um acordo de compartilhamento de lucros, que poderia garantir-lhe pleno acesso às reservas de caixa da Volks. Em janeiro, a Porsche, uma fabricante de carros esportivos pequena porém lucrativa, elevou sua fatia na Volkswagen, maior montadora em vendas da Europa, para 51%. Com isso, a dívida da companhia triplicou, atingindo 9 bilhões de euros, num momento de dificuldade de crédito e de queda da demanda global por automóveis, despertando temores entre os investidores sobre financiamento. As informações são da Dow Jones

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade