Economia

Prova da Polícia Militar do Distrito Federal será amanhã

;

postado em 12/06/2009 09:07
Os 12.646 inscritos no polêmico concurso para soldado da Polícia Militar do Distrito Federal fazem prova amanhã. O edital recomenda que os candidatos cheguem por volta de 13h, quando os portões serão abertos. Os locais podem ser consultados no www.cespe.unb.br . A concorrência será baixa: 16,8 candidatos por vaga. Bem menor que a disputa ocorrida há oito anos, quando mais de 73 mil candidatos disputaram 1,6 mil vagas. Um dos motivos da redução de adesões é a exigência de nível superior para o cargo. O comando da corporação considerou o número de participantes ;satisfatório;. O concurso é limitado aos concorrentes que tenham graduação em qualquer área de formação, justamente o impasse que adiou a prova em quase dois meses. Uma disputa judicial impediu que as avaliações fossem aplicadas em 19 de abril. O Tribunal de Contas do DF julgou ilegal o decreto do governador José Roberto Arruda que alterou a exigência de nível médio para superior no cargo de soldado da PM-DF. A discussão foi parar no Tribunal de Justiça, que permitiu a continuidade do concurso. A aprovação para a segunda das cinco fases do concurso depende de um bom aproveitamento nas provas objetivas de português, atualidades, raciocínio lógico, noções de informática, noções de administração e psicologia, direito (administrativo, constitucional, penal, processual penal, penal militar) e legislação extravagante. Para completar, o candidato fará uma redação com no máximo 30 linhas. Antes de se matricularem no curso de formação de soldados, os concorrentes passarão por testes de aptidão física, exames médicos, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e avaliação de títulos. Durante o curso, a remuneração é de R$ 3.072,51 e, após a formatura sobe para R$ 4.056,59. Todo processo deve terminar em dezembro. A partir de janeiro, os 750 selecionados iniciam o curso de formação. No edital, as vagas estão limitadas a 750, mas, de acordo com a Polícia Militar, 1,5 mil concursados serão chamados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação