Publicidade

Correio Braziliense

Caso Rio Tinto pode atrasar negociação de minério


postado em 11/07/2009 11:15

A suspeita de que membros da indústria siderúrgica chinesa teriam colaborado com funcionários da mineradora anglo-australiana Rio Tinto, que foram detidos recentemente no país acusados de espionagem, poderia adiar a conclusão das negociações anuais de preço do minério de ferro. A previsão foi feita por analistas do mercado de aço consultados pelo diário britânico Financial Times. A atual negociação já é a mais prolongada em 40 anos, diz o jornal A Rio Tinto afirma que não há qualquer evidência que sustente as acusações. Os analistas, por sua vez, continuam a acreditar que a China eventualmente será forçada a aceitar o corte de 33% nos preços, pondera o jornal. A questão ainda pode depender de como o governo encaminhará sua investigação, acrescenta o FT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade