Publicidade

Correio Braziliense

Cresce captação de poupança e fundos no mês


postado em 17/07/2009 09:29 / atualizado em 17/07/2009 13:51

O mês começou com a entrada expressiva de recursos tanto na caderneta de poupança como nos fundos de investimento. Em meio à queda da taxa Selic, muito tem sido discutido sobre a possibilidade de intensificação do fluxo de recursos entre as aplicações.

A poupança, que encerrou junho com captação de R$ 2,09 bilhões, já recebeu líquidos R$ 4,6 bilhões neste mês, até o dia 9, segundo dados do BC.

Os fundos de investimento que rendem juros, que sofreram saques no mês passado, captaram R$ 1,65 bilhão nos primeiros dez dias deste mês, como mostra a Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid).

Mesmo os fundos de ações, que carregam mais riscos, atraíram capital no período. Até o dia 10, a categoria registrou a entrada líquida de R$ 212,9 milhões. Mas o grande destaque deste começo de mês são os multimercados, que podem investir tanto em renda fixa como em variável. A categoria teve captação positiva de R$ 7,39 bilhões no período.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade