Publicidade

Correio Braziliense

Claro é condenada na Argentina


postado em 09/04/2010 16:00

Um tribunal argentino determinou ontem que a Claro, da mexicana América Móvil, líder em telefonia celular na América Latina, deverá devolver dinheiro a clientes por cobranças irregulares. A empresa deverá restituir somas de 20 a 80 pesos, mais juros, além de 25% de multa, a clientes que receberam, anos atrás, cobranças indevidas, segundo o tribunal. As cobranças correspondem a taxas de controle e fundo fiduciário pelo serviço global, cujos custos deveriam ser arcados pelas empresas do setor e não por seus clientes. Um porta-voz da Claro disse que desde 2006 a companhia devolveu o que foi cobrado aos usuários por taxa de controle e fundo fiduciário e que não tinha informações sobre o número de clientes beneficiados pela decisão judicial. A Claro tem 17 milhões de clientes na Argentina.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade