Economia

Preços dos combustíveis se mantiveram praticamente estáveis em setembro

postado em 10/10/2010 12:39
A despeito da alta do álcool combustível no Distrito Federal, setembro foi um mês tranquilo para os motoristas brasileiros no que se refere ao abastecimento. Sem grandes alterações, os postos em todo País registraram estabilidade nos preços cobrados pelos combustíveis. Mais econômico em 13 estados, o etanol subiu 0,62% com valor médio de R$ 1,88/l enquanto a gasolina, vantajosa em Brasília e mais 13 localidades se manteve inalterada com preço por litro de R$ 2,72. Segundo o último levantamento do Índice de Preços Ticket Car (IPTC), os demais combustíveis apresentaram variações inferiores à 0,5%.

Com as alterações, as médias por litro são: gasolina R$ 2,72; etanol R$ 1,88; diesel R$ 2,10; biodiesel R$ 2,07 e GNV R$ 1,72 o m;.O IPTC revela ainda que Goiás tem o etanol mais barato do Brasil. A vantagem sobre a gasolina lá é de 57,2%. Nesse ranking o estado é seguido por São Paulo e Mato Grosso com vantagens de 58,1% e 58,6%, respectivamente. "É preciso tomar cuidado, pois, apesar de mais barato, a autonomia do veículo com o etanol é em média, 30% menor", explica Eduardo Lopes, coordenador de Produto do Ticket Car.

Para saber qual combustível é o mais vantajoso, o consumidor precisa dividir o preço do derivado da cana-de-açúcar pelo da gasolina. "Resultados inferiores ou iguais a 70%, opte pelo combustível vegetal, caso contrário, o derivado do petróleo é a melhor opção", completa. "Contudo, é sempre bom lembrar que, mesmo nos casos de vantagem da gasolina, o etanol é ambientalmente mais indicado", ressalta Lopes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação