Publicidade

Correio Braziliense

Wall Street fecha sem direção


postado em 01/11/2010 19:17

NOVA YORK - A Bolsa de Nova York fechou sem direção nesta segunda-feira, no início de uma semana carregada de eventos relevantes, afetada até o fim da sessão pelos valores bancários: o Dow Jones subiu 0,06%, mas o Nasdaq perdeu 0,10%.

Segundo números definitivos do fechamento, o Dow Jones Industrial Average ganhou 6,13 pontos, a 11.124,62, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, cedeu 2,57 pontos a 2.504,84 unidades. O índice ampliado Standard & Poor's 500 aumentou, por sua vez, 0,09% (1,12 ponto), a 1.184,38.

A sessão foi marcada até o final pela queda dos valores bancários, após a publicação de um artigo no site ProPublica, um órgão independente que "investiga em interesse do público" e que informou acerca da existência de uma investigação das autoridades americanas sobre o banco JPMorgan Chase (-0,56% a 37,42 dólares).

Entretanto, o mercado registrava um sólido avanço no início da sessão, sustentado por indicadores que superaram as previsões sobre a atividade industrial na China e depois nos Estados Unidos. "Começamos com entusiasmo, alguns indicadores publicados eram bons, mas estamos em um período de espera", explicou Mace Blicksilver, da Marblehead Asset Management.

O mercado havia mostrado prudência, inclusive antes da publicação do artigo do ProPublica, perdendo lentamente seus ganhos após a primeira metade da manhã.

Todos os indicadores não foram alentadores: os gastos de consumo dos lares nos Estados Unidos em setembro subiram menos que o previsto, enquanto o rendimento disponível caiu.

Os investidores preparam-se principalmente para uma semana recheada de eventos cruciais nos Estados Unidos: eleições de meio de mandato na terça-feira, fim da reunião do Federal Reserve na quarta-feira e dados mensais de emprego na sexta-feira. "O medo é que todas as expectativas já tenham sido integradas" pelo mercado, observou Gregori Volokhin, da Meeschaert New York: vitória dos republicanos, nova série de medidas de reativação da economia. "Por enquanto, ninguém quer mostrar suas preferências", acrescentou o analista.

O mercado de obrigações caiu. O rendimento dos bônus do Tesouro com 10 anos de prazo subiu para 2,628%, contra 2,612% na noite de sexta-feira, e o dos títulos com 30 anos a 4,017%, contra 4,000%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade