Publicidade

Correio Braziliense

OMC: Brasil e Argentina lideram pedidos de investigações antidumping


postado em 08/12/2010 10:24 / atualizado em 08/12/2010 10:49

O Brasil e a Argentina lideram os pedidos de investigações antidumping na América Latina, de acordo com informações da Organização Mundial do Comércio (OMC).

As medidas antidumping tentam evitar que empresas nacionais sejam prejudicadas pela venda de produtos importados que têm preço menor do que os produzidos no local. Esta é uma prática considerada desleal. De acordo com a OMC, que é uma das agências da Organização das Nações Unidas (ONU), entre janeiro e junho, 19 países-membros apresentaram pedidos para 69 investigações. A Argentina apresentou sete pedidos e o Brasil, cinco.

A maior parte das solicitações partiu da Índia, com 17 registros, e da União Europeia, com oito. A OMC informou que a Índia, a União Europeia, o Brasil e Israel aumentaram o número de pedidos. A Argentina, a China, a Colômbia e os Estados Unidos, entre outros, diminuíram as solicitações com relação a 2009.

A OMC registrou, no primeiro semestre deste ano, uma queda de 29% no número de pedidos de investigações antidumping, em relação ao mesmo período do ano passado. A maioria das queixas foi feita contra os importados da China. O Brasil e o Japão também foram alvos de dois pedidos cada.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade