Publicidade

Estado de Minas

Alimentos transgênicos movimentam R$ 57,9 bilhões no Brasil em 2011


postado em 19/03/2012 07:55 / atualizado em 19/03/2012 08:58

Piracanjuba (GO) e Belo Horizonte — De grão em grão, os transgênicos estão invadindo o campo brasileiro. Juntos, a soja e o milho são os grãos mais cultivados no país, e é possível afirmar que as sementes geneticamente modificadas desses dois produtos já são responsáveis por quase um terço da renda bruta gerada na lavoura — R$ 57,9 bilhões (30,8%) do Valor Bruto da Produção (VBP) de R$ 188,2 bilhões em 2011, conforme dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Apesar dos fortes alertas contrários dos ambientalistas e das desconfianças dos consumidores, o plantio dos transgênicos só tenderá a crescer. Que o diga o agricultor Miguel Ma Tien Min, que cultiva milho e soja em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Para ele, são evidentes os benefícios das sementes geneticamente modificadas para a produção. “Sempre se procura usar essas sementes em pontos onde os produtores encontram mais problemas. Elas são mais resistentes a pragas e até à seca. Esse é hoje o caminho para o agricultor”, ressalta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade