Publicidade

Estado de Minas

Telefone popular é disponibilizado para cadastrados em programas sociais


postado em 08/06/2012 16:08 / atualizado em 08/06/2012 16:56

Famílias que recebem até um salário mínimo podem pedir a partir desta sexta-feira (8/6) a instalação de telefone fixo com assinatura mensal entre R$ 12,62 e R$ 14,80 (com tributos). Para assinar o chamado telefone popular, com franquia mensal de 90 minutos para chamadas locais entre telefones fixos, os interessados precisam estar inscritos no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O responsável familiar que tiver interesse no benefício deve entrar em contato com a operadora de telefonia de sua região tendo em mãos o CPF e Número de Identificação Social (NIS).

Leia mais notícias em Economia


As famílias com renda de dois salários mínimos só serão atendidas a partir do dia 8/6/2013. Em 8/6/2014, todas as famílias incluídas no Cadastro Único poderão solicitar a linha.

O telefone popular é conhecido como Acesso Individual Classe Especial (AICE) e foi regularizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

O AICE será oferecido pelas concessionárias de telefonia Oi/Brasil Telecom, Telefônica, Sercomtel e CTBCTelecom.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade