Publicidade

Estado de Minas

Caminhoneiros firmam acordo com governo e suspendem greve e protestos


postado em 31/07/2012 21:57

Após uma semana de protestos que causaram grandes congestionamentos nas principais estradas que cortam o país, governo e caminhoneiros chegaram nesta terça-feira (31/7) a um acordo.

O desbloqueio das estradas será gradativo para garantir a segurança, explicou o presidente do Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC), Nélio Botelho.

O ministro dos Transportes, Paulo Sério Passos, prometeu instaurar até o próximo dia 8 uma comissão para avaliar as reivindicações dos caminhoneiros. Por um período de 30 dias representantes do governo e dos trabalhadores vão debater as possíveis mudanças da Lei do Motorista, n° 12.619, que entrou em vigor nessa segunda-feira (30/7).

Leia mais notícias de Economia


A legislação determina que a cada dois dias de trabalho os caminhoneiros descansem por 11 horas ininterruptas. Os trabalhadores reclamam da falta de alojamento adequado das estradas e da redução dos rendimentos que a nova medida vai acarretar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade