Publicidade

Estado de Minas

BC dividido derruba juros para 7,25% ao ano, menor taxa da história


postado em 10/10/2012 20:04 / atualizado em 10/10/2012 20:09

Por cinco votos a favor da redução e três contra, o Banco Central derrubou os juros básicos da economia (definidos pela taxa Selic) em 0,25 ponto percentual, de 7,50% ao ano para 7,25%, o menor valor da história.

Em nota, o BC informou que o balanço de riscos para a inflação é favorável para o corte de juros. Alertou ainda para a recuperação da atividade econômica e para a complexidade do cenário internacional.

Confira a íntegra do comunicado
O Copom decidiu reduzir a taxa Selic para 7,25% a.a., sem viés, por cinco votos a favor e três votos pela manutenção da taxa Selic em 7,50% a.a.

Considerando o balanço de riscos para a inflação, a recuperação da atividade doméstica e a complexidade que envolve o ambiente internacional, o Comitê entende que a estabilidade das condições monetárias por um período de tempo suficientemente prolongado é a estratégia mais adequada para garantir a convergência da inflação para a meta, ainda que de forma não linear.

Votaram pela redução da taxa Selic para 7,25% a.a. os seguintes membros do Comitê: Alexandre Antonio Tombini, Presidente, Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Luiz Awazu Pereira da Silva e Luiz Edson Feltrim.

Votaram pela manutenção da taxa Selic em 7,50% a.a. os seguintes membros do Comitê: Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo e Sidnei Corrêa Marques.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade