Publicidade

Estado de Minas

Independentistas catalães pedem fim da política de austeridade


postado em 26/11/2012 12:49

Barcelona - O líder do partido independentista catalão ERC, Oriol Junqueras, fez um pedido nesta segunda-feira (26/11) para o fim das políticas de austeridade  na região, especialmente dirigido ao presidente Artur Mas, que busca de aliados após o revés eleitoral.

"A Catalunha precisa de uma mudança nas políticas orçamentárias, tanto no que diz respeito à arrecadação como nos gastos", afirmou Junqueras em entrevista coletiva. O ERC, com 21 deputados, virou a segunda força do Parlamento regional. As eleições foram convocadas por Mas dois anos antes do fim da legislatura ante a recusa do governo espanhol de renegociar um sistema fiscal que a região considera prejudicial, em um momento no qual a crise obriga a Catalunha a aplicar duros ajustes em setores sociais como saúde e educação.

Mas longe de obter a maioria absoluta (68 cadeiras) que perseguia, o partido de Mas, Convergência e União (CiU), ficou com 50 parlamentares, 12 a menos que na legislatura anterior. Após o revés eleitoral, Mas convocou no domingo outros partidos políticos, especialmente o ERC, que não foi citado diretamente, a assumirem a reponsabilidade conjunta no governo de uma região muito afetada pela crise.

Leia mais notícias em Economia

Junquera apresenta como condições a redução de impostos para os mais desfavorecidos, mais investimentos públicos em setores que podem estimular o crescimento e uma data para a convocação de um referendo sobre a independência, que Mas prometeu durante a campanha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade