Publicidade

Correio Braziliense

Privatização do aeroporto JK passará por prova de fogo durante o carnaval

Nos últimos anos, filas e atrasos prevaleceram nos períodos de festas


postado em 05/02/2013 06:04 / atualizado em 05/02/2013 07:59

No feriadão que começa no próximo fim de semana, cerca de 205 mil pessoas passarão pelo terminal brasiliense(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press - 30/11/12)
No feriadão que começa no próximo fim de semana, cerca de 205 mil pessoas passarão pelo terminal brasiliense (foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press - 30/11/12)


O carnaval será a prova de fogo dos novos operadores de aeroportos privatizados, como o de Brasília. Apesar de ainda haver uma concomitância da gestão entre a Infraero (operadora da União) e a Inframérica (concessionária do Aeroporto Juscelino Kubitschek) até o próximo dia 28, na avaliação de quem vive o dia a dia do terminal aéreo brasiliense, o próximo fim de semana determinará se as mudanças estão sendo para melhor.

Leia mais notícias em Economia

“Vamos ver como é que a nova operadora irá se sair neste feriadão”, comentou o agente de viagens Rodrigo Benedetti, 34 anos. Para ele, “é visível que os novos operadores estão preocupados com a qualidade do atendimento aos usuários. Antes, a gente não via tanto cuidado como estou vendo agora”, disse. O que mais tem chamado a atenção de Benedetti são as funcionárias da Inframérica com tablets nas mãos andando pelo aeroporto e anotando os problemas que elas observam.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade