Publicidade

Correio Braziliense

Ministro inicia reuniões com empresários do setor hoteleiro

Gastão Vieira, ministro do Turismo, anunciou nesta quarta-feira (20/2) a busca pela fiscalização dos valores das diárias dos hotéis e os aumentos abusivos


postado em 20/02/2013 18:10 / atualizado em 20/02/2013 18:15

São Paulo - O ministro do Turismo, Gastão Vieira, disse nesta quarta-feira (20/2) que seu ministério está iniciando reuniões com empresários do setor hoteleiro em todas as cidades-sede das copas do Mundo e das Confederações. O objetivo é buscar entendimento para que governo e setor privado possam fiscalizar conjuntamente os valores das diárias dos hotéis e os aumentos abusivos.

“A discussão cria um ambiente propício para que o governo entenda que os empresários nesse momento estão investindo quase R$ 7,5 bilhões na construção de novos hotéis, que são indispensáveis para os eventos que vamos sediar. E o empresário tem que entender que se ele aumentar tanto o preço e criar a pré-condição de que a diária será cara, vai ter dificuldade depois para manter e pagar o investimento”, explicou Vieira.

Leia mais notícias em Economia

Vieira disse ainda que os planos do governo são os de atrair mais visitantes estrangeiros e estimular os brasileiros a viajar mais pelo país. Para isso, a estratégia é aumentar a competitividade, principalmente com a diminuição dos custos para o viajante doméstico. “O foco é a área tributária e as desonerações. Já desoneramos hotéis, companhias aéreas, resorts, e vamos aprofundar vendo o que é possível diminuir nos custos”.

O aumento abusivo das diárias tem preocupado o governo. No início do mês de fevereiro, empresários do setor hoteleiro firmaram compromisso de que não vai haver abusos de preços durante a Copa do Mundo e as Olimpíadas. O ministro participou em São Paulo da cerimônia de abertura do 19º Workshop & Trade Show CVC, que ocorre até amanhã, no Expo Center Norte.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade