Publicidade

Estado de Minas

Secretário do Tesouro dos EUA destaca impacto de sanções à Rússia

Segundo Lew, há companhias americanas que já estão sentindo os efeitos das medidas, assim como grupos europeus


postado em 25/04/2014 20:00 / atualizado em 25/04/2014 19:58

Jacob Lew:
Jacob Lew: "Trabalhamos com nossos sócios internacionais para estarmos certos de que, quando fazemos isso (adotar sanções), fazemos de forma eficaz" (foto: Kaern Bleier/AFP photo)

Washington - O secretário do Tesouro americano, Jacob Lew, declarou nesta sexta-feira (25/4) que as sanções impostas à Rússia pelos países ocidentais por seu papel na crise da Ucrânia têm "um impacto".

Em entrevista concedida à rádio pública NPR, Lew disse ver "vários sinais" desse impacto, e que "mesmo os russos" admitem isso. "Trabalhamos com nossos sócios internacionais para estarmos certos de que, quando fazemos isso (adotar sanções), fazemos de forma eficaz", afirmou.

Leia mais notícias em Economia

Segundo Lew, há companhias americanas que já estão sentindo os efeitos das medidas, assim como grupos europeus.

Nesta sexta, diante da evolução da situação na Ucrânia, Washington consultou seus aliados europeus sobre a possibilidade de estabelecer novas sanções contra a Rússia. Essas medidas se somariam a outras já adotadas após a anexação da península da Crimeia, em março deste ano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade