Publicidade

Estado de Minas

Presidente da Petrobras garante que preço da gasolina será reajustado

No entanto, Graça Foster afirma que não há ingerência do governo na política de preços


postado em 02/07/2014 06:03 / atualizado em 02/07/2014 08:23

Em evento festivo do pré-sal, Graça Foster e Dilma Rousseff: futuro promissor, mas ações seguem em queda(foto: Agência Petrobras)
Em evento festivo do pré-sal, Graça Foster e Dilma Rousseff: futuro promissor, mas ações seguem em queda (foto: Agência Petrobras)


Rio de Janeiro
— A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, garantiu ontem que vai reajustar os preços dos combustíveis, sem especificar quando. Questionada sobre os impactos negativos da ingerência do maior acionista, o governo, sobre o caixa, ela afirmou que o controle da política de preços é da própria empresa. “Não tenho a menor insegurança com relação à condução da companhia, de que ela está na mão de técnicos”, garantiu a executiva, durante o evento ontem, no Rio de Janeiro, para comemorar a produção recorde da companhia na área do pré-sal, acima de 500 mil barris diários.

Leia mais notícias em Economia

Graça Foster, como é conhecida, tentou mostrar distinção entre expectativas de mercado, que “paga para ver”, e a sua função como gestora. “O que tenho que fazer é entregar o que a empresa promete, mostrar que mantemos uma gestão técnica, dizer que vamos crescer e que vamos ter correção, sim, nos preços de combustíveis. Esse é o ponto”, resumiu.

Para ela, a diretoria executiva não “tem que buscar explicação”, nem mesmo sobre a forte desvalorização das ações da Petrobras. “Se tudo acontecer do jeito que estou dizendo, tenho certeza de que as ações vão voltar a subir”, ressaltou. Na sua avaliação, não há prazo para que os investidores retomem a confiança na companhia, mas sublinhou que está sendo cobrada por melhores resultados.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade