Publicidade

Correio Braziliense

Banco Central mantém Selic em 14,25% ao ano

Comitê de Política Monetária mantém os juros estáveis pela sétima reunião consecutiva. Encontro foi o último presidido por Alexandre Tombini


postado em 08/06/2016 19:53 / atualizado em 08/06/2016 20:00

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) manteve a taxa básica de juros (Selic) em 14,25% ao ano pela sétima vez consecutiva. A decisão, tomada de maneira unânime pelo colegiado, era esperada pelo mercado. Os analistas apostam que o início do ciclo de afrouxamento dos juros comece no segundo semestre, em agosto ou outubro. Esse foi o último encontro dos diretores do BC presidido por Alexandre Tombini, que será substituído pelo economista Ilan Goldfajn.

O futuro presidente do BC assumirá o posto com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos últimos 12 meses encerrados em maio em 9,32%. A resiliência da inflação pode atrapalhar os planos da autoridade monetária de iniciar a redução da Selic. Durante sua sabatina no Senado Federal, Goldfajn se comprometeu em cumprir a meta de 4,5% sem detalhar quando isso ocorrerá.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade