Publicidade

Correio Braziliense

Brasil perde 63.624 postos de trabalho formal em março, segundo Caged

O saldo negativo é resultado de 1.324.956 demissões e 1.261.332 admissões que ocorreram em março. De acordo com os dados do Caged, o país perdeu 64.378 postos de trabalho no primeiro trimestre deste ano.


postado em 20/04/2017 14:42 / atualizado em 20/04/2017 16:19

Depois de gerar empregos em fevereiro, o desemprego volta a assustar os brasileiros. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta tarde, em março, 63.624 vagas de trabalhos com carteira assinada foram destruídos no país.

 

Leia mais notícias de Economia

 

O saldo negativo é resultado de 1.324.956 demissões e 1.261.332 admissões que ocorreram em março. De acordo com os dados do Caged, o país perdeu 64.378 postos de trabalho no acumulado primeiro trimestre deste ano.

 

Em fevereiro, após 22 meses de queda no número de postos de trabalho, o Brasil voltou a gerar empregos e 35.612 vagas de trabalho formais foram criadas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade