Publicidade

Correio Braziliense

CVM abre mais uma investigação envolvendo a JBS

Ao todo, foram instaurados nove processos administrativos e dois inquéritos apurando irregularidades cometidas pela companhia e subsidiárias da holding J&F


postado em 06/06/2017 12:04


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu uma nova investigação envolvendo a JBS e subsidiárias da controladora J&F, totalizando nove processos administrativos e dois inquéritos em curso. Esses processos foram abertos desde a delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da J&F, divulgadas no último dia 17 de maio pelo jornal O Globo e que comprometeram, inclusive, o presidente Michel Temer.
 
 
Nesse processo mais recente, a autarquia pretende avaliar a negociação de ações da companhia no âmbito do programa de recompra aberto pela JBS em 8 de fevereiro, de acordo com comunicado divulgado pela CVM nesta terça-feira (06/06). O órgão não precisou quando deverá concluir as investigações em curso.

A CVM também instaurou dois processos de fiscalização externa, que estão em andamento desde o último dia 23. O primeiro, por solicitação da Superintendência de Normas Contábeis e de Auditoria (SNC), visa fiscalizar o auditor independente BDO RCS Auditores Independentes, sobre determinados procedimentos de auditoria realizados nas demonstrações financeiras da JBS S.A. do período de 2013 a 2016. O segundo, também solicitado pela SNC, solicita inspeção no auditor independente KPMG Auditores Independentes, sobre determinados procedimentos de auditoria realizados nas demonstrações financeiras da JBS S.A. do período de 2009 a 2012.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade