Publicidade

Correio Braziliense

Aneel homologa parcialmente leilão de transmissão de Energia

Em três casos, consórcios que disputaram os lotes questionaram a habilitação dos vencedores. Quando isso acontece, a Aneel suspende o processo até o julgamento final pela diretoria


postado em 04/07/2017 11:11

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) homologou parcialmente o resultado do leilão de transmissão realizado em 24 de abril deste ano. Dos 35 lotes, apenas quatro não foram arrematados. Na reunião desta terça-feira (4/7), dos 31 lotes vendidos, 28 tiveram os resultados adjudicados.

Em três casos, consórcios que disputaram os lotes questionaram a habilitação dos vencedores. Quando isso acontece, a Aneel suspende o processo até o julgamento final pela diretoria.

O lote 15, vencido pela Sterlite Power Gride, com deságio de 25,87%, foi questionado pelo consórcio Millenium Transmissão. O lote 33, que ficou com o consórcio Pará, com deságio de 16,14%, teve o resultado questionado pela Ceepower Brazil Holding.

E o lote 34, vencido pelo consórcio Omnium Energy, com deságio de 40,50%, foi questionado pela Empresa Amazonense de Transmissão de Energia.

Os demais lotes tiveram o resultado homologado e adjudicado. Na licitação, o deságio médio foi de 36,47%. Os investimentos nos 31 lotes estão estimados em R$ 12,7 bilhões e receita anual permitida (RAP) de R$ 42,3 bilhões. As linhas somam 7.068 quilômetros de extensão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade